22 DE JUNHO DE 2024
Fechar [x]

Babalu segue internada após ter toxoplasmose

Lagunense está hospitalizada há mais de uma semana após passar mal

11/06/2024 06:00|Por Redação

A lagunense Kelly Amorim, conhecida como Babalu, de 38 anos, segue em tratamento após ser internada no começo deste mês. 

A influenciadora foi hospitalizada após passar mal dentro de um ônibus na cidade. “Ela chegou a ter nove convulsões”, conta a mãe de Babalu, Josi de  Amorim. 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ainda segundo a mãe, após ser internada e passar por exames mais completos, Babalu foi diagnosticada com toxoplasmose neurológica, uma doença causada pelo protozoário Toxoplasma gondii. “A infecção  foi desencadeada após a manifestação dessa doença. Com isso, a Babalu ficou com problemas para falar e para andar. Hoje (ontem), já apresentou boas melhoras, porém o tratamento segue. Os médicos explicaram que leva cerca de 21 dias para os remédios terem seu efeito completo”, descreve. 

A lagunense está internada no Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus dos Passos. Por enquanto, não há previsão de alta.

A toxoplamose é transmitida aos seres humanos através das fezes de diversos animais contaminados pelo agente transmissor. Vários animais domesticados e de produção podem ser transmissores; os mais conhecidos são os gatos, mas a lista inclui bovinos, suínos, caprinos, aves e animais silvestres. 

No organismo humano, os protozoários se multiplicam e atacam todos os órgãos através do sangue, provocando infecção generalizada. Surgem deficiências neurológicas, inflamações nos olhos, complicações musculares, hepatites, pancreatites.

Pacientes com imunidade comprometida ou que já tenham desenvolvido complicações da doença são encaminhados para acompanhamento médico especializado.”Esperamos que ela melhore cada vez mais e possa ir para casa”, diz a mãe. 

Solidariedade   

Desde a internação da filha, Josi parou de trabalhar para se dedicar aos cuidados de Babalu. “Nem eu e nem ela estamos trabalhando. Além disso, tenho pagado uma cuidadora para ajudar”, fala. 

Uma campanha virtual foi aberta com doações pela chave Pix (48) 99693-6001, para arcar com os custos de medicamentos, tratamentos e outras despesas.

Quer receber notícias de Tubarão e região? Clique aqui.
Diário do Sul
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a nossa Política de Privacidade. FECHAR