16 DE JULHO DE 2024
Fechar [x]

Empresária tem a prisão mantida por “risco de fuga”

Ela foi condenada a 17 anos por participação nos atos de 8 de janeiro

13/06/2024 06:00|Por Redação

A empresária Camila Mendonça Marques, de Tubarão, teve sua prisão preventiva mantida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), através de decisão monocrática do ministro Alexandre de Moraes, relator de seu processo. Ela foi condenada a 17 anos por participação nos atos de 8 de janeiro em Brasília.

 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ministro citou, em sua decisão, “o fundado receio de fuga da ré, como vem ocorrendo reiteradamente em situações análogas nas condenações referentes ao dia 8/1/2023”. 

Destacou ainda que a própria Camila descumpriu medidas cautelares. “Mesmo em liberdade, a ré deliberadamente descumpriu as medidas cautelares a ela impostas, deixando o equipamento sem bateria no dia 2 de dezembro de 2023, não respondendo aos contatos telefônicos realizados pela Secretaria de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa do Estado de Santa Catarina”, relata o ministro.

Camila foi novamente presa em março, sob a suspeita de que estaria planejando uma fuga para o Uruguai.

Ataque 

Em 8 de janeiro do ano passado, milhares de pessoas foram até a Praça dos Três Poderes, invadiram as sedes do Executivo, do Legislativo e do Judiciário e destruíram tudo o que viram pela frente.

Quer receber notícias de Tubarão e região? Clique aqui.
Diário do Sul
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a nossa Política de Privacidade. FECHAR