22 DE JUNHO DE 2024
Fechar [x]

MATHEUS MADEIRA

23/05/2024 06:00

Moisés ainda pode ser candidato?

Cresceu bastante nos últimos dias a especulação sobre a possibilidade de Carlos Moisés disputar a eleição em Tubarão este ano. Enquanto o próprio ex-governador não se posicionar sobre o tema não vai ser mais que especulação, mas seria uma novidade capaz de abalar as estruturas da disputa, sem dúvidas. Moisés fez, meses atrás, movimentos para formar uma frente que assumisse a bandeira de seu legado frente aos ataques que vinha sofrendo do governador Jorginho Mello. Com o passar do tempo esses ataques foram deixando de acontecer e Moisés também foi deixando claro que não tinha a disposição de encarar essa empreitada. De lá para cá, o Republicanos definhou na cidade e não conseguiu formar uma chapa de pré-candidatos a vereador, perdendo as poucas lideranças que ainda tinha em seus quadros. Muita coisa mudou. O prazo de filiação partidária se esgotou e ninguém assumiu a tal frente que poderia se opor à candidatura de Soratto (PL). É por isso que o nome de Moisés não deixa de ser aventado.

Olho no lance

Há muitos rumores de que a absolvição do senador Sérgio Moro (União-PR) seja fruto de um grande acordo que envolveria governo e oposição em Brasília. E que algo semelhante esteja em curso em relação a Jorge Seif (PL-SC). Cabe ficar de olho nas cenas dos próximos capítulos.

A volta do PTB

Getulista e brizolista na sua essência, o PTB acabou se tornando um partido de extrema-direita nas mãos de Roberto Jefferson. Fundiu-se ao Patriota para dar origem ao PRD, mas há ações judiciais que visam reestabelecer a sigla que, em Tubarão, já teve dr. Stélio Boabaid, Reneuza Marinho Borba e Luiz Carlos Gauer entre seus representantes mais notórios.

Desincompatibilização

Há mais um prazo de desincompatibilização para ser cumprido até o fim da primeira semana de junho: a desincompatibilização de secretários (e outros cargos comissionados) que pretendem ser candidatos a prefeito ou vice. E aí começa a contar o prazo de 30 dias para o derradeiro dos prazos, que vale para servidores efetivos. Aí a porteira se fecha de vez.
 

Imbituba no centro
Os R$ 4 milhões que bancarão a elaboração do Plano Estadual de Logística de Transporte de Santa Catarina serão repassados pela SC Participações e Parcerias S.A., provenientes de dividendos recebidos do Porto de Imbituba.

Diário do Sul
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a nossa Política de Privacidade. FECHAR