24 DE MAIO DE 2024
Fechar [x]

MATHEUS MADEIRA

09/04/2024 06:00

Elon Musk quer o Brasil a seus pés 

Todo mundo tem regras a seguir. Se você estiver dirigindo um Porsche, o rigor é menor, como mostra o noticiário recente, mas o fato é que as decisões judiciais estão aí para serem cumpridas. Um bilionário norte-americano, porém, resolveu que não quer se curvar às leis brasileiras e, por mais insano que isso possa ser, tem o apoio de uma comunidade que se denomina “patriota”. O mundo todo está sendo desafiado a discutir como regulamentar o uso das redes sociais diante das crescentes campanhas de desinformação que matam pessoas todos os dias – seja através da propagação de mentiras que impedem a vacinação até os ataques a escolas que são arquitetados justamente no submundo da “liberdade total”. Vamos refletir: os donos das redes sociais já regulam quais postagens têm alcance e quais não têm – e não é por acaso que todos somos bombardeados por teorias conspiratórias de extrema-direita, ainda que não queiramos. Se nem mesmo as decisões judiciais precisarem ser acatadas, teremos um sujeito acima do bem e do mal. Fica difícil associar isso à liberdade e ao patriotismo, e a União Europeia já percebeu. Elon Musk precisa de um país a seus pés para se refugiar. Que não seja o Brasil.

Novo deputado

Com a confirmação da filiação de Ricardo Guidi ao PL, o PSD já faz planos para tomar-lhe o mandato de deputado federal por infidelidade partidária. O primeiro suplente é Darci de Matos, que já está exercendo a função parlamentar porque Guidi está licenciado para ocupar a Secretaria de Estado do Meio Ambiente. 

Joinville na Câmara 

Maior colégio eleitoral de Santa Catarina, Joinville, não elegeu nenhum deputado federal em 2022 – com exceção a Zé Trovão, que tem domicílio na cidade, mas pouco atua por lá. A volta de Darci à Câmara recoloca a cidade no mapa, de certa forma.

Política e cultura 

O PDT de Tubarão promoveu no domingo um debate sobre o livro “Por um feminismo afro-latino-americano”, de Lélia Gonzalez. O diretório municipal tem um círculo de estudos que leva justamente o nome da autora, filósofa e antropóloga que morreu em 1994.
 

  • 1 / 1
Diário do Sul
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a nossa Política de Privacidade. FECHAR