MENU

CANAL DS


 
 


Quinteto pego após tiros e perseguição


JAGUARUNA - Uma operação policial prendeu em flagrante uma quadrilha suspeita de uma série de crimes no Sul do Estado. Eles foram presos após uma perseguição entre Sangão e Jaguaruna. Os suspeitos foram detidos após assaltar uma empresa de cerâmica às margens da BR-101, em Sangão. Segundo a polícia apurou, a intenção do grupo era roubar o salário dos funcionários. Os quatro homens que participaram do assalto e um suspeito, que esperava num carro, trocaram tiros com a polícia e fugiram para um matagal. Com o auxílio de cães, os policiais saíram em busca dos suspeitos, pegos pela Polícia Rodoviária Federal, que dava apoio à ação. Eles ainda tentaram se livrar da arma, um revólver calibre 38 com duas balas deflagradas, recuperado pelos policiais próximo ao local onde estavam os acusados. A seguir, em uma rua próxima, a polícia prendeu o motorista de um Corsa com placas de Jaguaruna, que ajudaria o grupo na fuga. A quadrilha foi transferida para o Presídio Regional de Tubarão. A polícia cogitou o envolvimento do grupo na morte do policial militar aposentado Vamilson Geraldi Zacaron, de 59 anos. Ele foi assassinado enquanto trabalhava como vigia em uma distribuidora, localizada no bairro Sertão dos Corrêas, invadida pelos ladrões. O grupo fugiu após trocar tiros com a vítima e matá-la. Eles são de Criciúma e fazem parte de uma quadrilha composta por cerca de 16 pessoas, que age na região. A quadrilha é acusada de, no sábado, promover dois assaltos em Içara, contra um posto de combustíveis e uma residência, da qual levaram R$ 4,8 mil em joias, celulares, roupas e o EcoSport da família.







 




Paginação: [ 1 ] 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL