MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

05/07/2012, 06:00

Capivariense no Figueira


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 


FLORIANÓPOLIS - Dois jogadores que recentemente passaram por Tubarão ganham destaque a cada dia no futebol da capital catarinense. O lateral-esquerdo Marquinhos e o volante Mika vêm fazendo boas atuações no Figueirense e no Avaí, respectivamente, e já chamam a atenção da grande mídia estadual.

Marquinhos é natural de Capivari de Baixo e iniciou sua vida no futebol no núcleo de Tubarão da Escolinha do Figueirense. O jogador, de apenas 18 anos, foi descoberto em 2006 pelo instrutor Maccari, ex-goleiro do Alvinegro na década de 1970. Há cinco anos no time da Capital, Marquinhos fez sua estreia no time titular do Figueira no último dia 23, no empate por 1 x 1 contra o Bahia, no Orlando Scarpelli, ao entrar no lugar de Guilherme Santos, titular da vaga e que cumpriu suspensão.

Marquinhos mostrou muita personalidade e arrancou elogios do técnico Argel Fucks e do ex-lateral do Figueirense e da Seleção André Santos. “Aquele garoto joga muita bola”, disse Argel. “Qualidade e futebol ele tem. Acredito que ele tem a oportunidade de ser um dos maiores laterais do Figueirense. Espero que ele tenha sucesso”, avaliou André Santos.
Já o volante Michael Augusto Bonatto, o Mika, 25 anos, já é conhecido no futebol catarinense. Mika, que é natural de Caxias do Sul (RS), teve grande destaque no Criciúma em 2010, mas o jogador agradece muito ao Cidade Azul (equipe que deu origem ao Atlético Tubarão), clube em que atuou em 2008. Revelado pelo Juventude (RS) em 2006, o atleta, que hoje é titular absoluto no Leão da Ilha, revela um carinho especial pelo Atlético Tubarão, time por quem irá torcer pelo acesso à Série A do estadual.

“Em 2008 cheguei ao Cidade Azul no segundo turno da Divisão Principal. Nossa situação já era bastante complicada, pois estávamos na zona de rebaixamento e com os salários atrasados. Lembro que o presidente Robertinho Rodrigues deu uma sacudida no time e conseguimos nos manter na Série A. Foi minha primeira experiência longe de Caxias do Sul e agradeço muito ao time. Torço e vou torcer muito pelo Peixe nessa Divisão Especial, pois tenho muito carinho por esta equipe, que tem uma bela torcida e me colocou na vitrine do futebol catarinense”, afirmou Mika.



 


OUTRAS NOTÍCIAS



ESPORTES

Leão deixa escapar vitória

05/07/2012, 06:00

DA REDAÇÃO

Avaí anuncia Jonny Mosquera

05/07/2012, 06:00

GERAL

MPF diz que casas estão em local irregular

05/07/2012, 06:00

GERAL

Modelo de Orleans é destaque internacional

05/07/2012, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL