MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

12/07/2019, 06:00

Artigo: tarefas de casa e exercício de aula


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 

Maurício da Silva
Diretor Presidente da Fundação Municipal de Educação

 

Tarefas de casa constituem-se num dos principais impulsionadores da aprendizagem, desde que sejam mantidos os objetivos e que professores, diretores de escola, pais e alunos cumpram suas incumbências.

Tarefa de casa é treino do que foi trabalhado em aula. Ninguém é bom no que não treina muito. Atletas exercitam-se durante 7h ou 8h por dia e “os melhores alunos no Enem estudam quase 12h por dia, incluindo o tempo que passam na escola e algumas horinhas extras em casa” (Revista Veja, 8/11/2017).

Como treino, a tarefa para casa deve ser coerente, no conteúdo e na forma, com o que foi trabalhado em aula e com o que vai ser avaliado.

1) Incumbe ao professor:

a) Dar tarefa para casa todos os dias (e, em tempo hábil para não extrapolar o horário da aula), visando incutir no aluno o hábito de fazê-la diariamente;

b) Corrigir a tarefa a cada dia. Passá-la e não corrigir denota não ser importante e frustra os alunos que a fizeram;

c) Resolver, na sala de aula, os exercícios que apresentam dificuldades diferentes e enviar para casa, como tarefa, para treino, os que apresentam dificuldades semelhantes ou já sanadas. Inverter (resolver em sala de aula os exercícios com dificuldades semelhantes e reservar os com dificuldades diferentes para a prova) transforma a avaliação cujo objetivo é subsidiar o ensino e a aprendizagem em armadilha.

d) Anotar, também, dia a dia, os alunos que deixam de fazer as tarefas e comunicar à direção da escola.


2) Incumbe ao diretor de escola: conscientizar e orientar, com os professores, alunos e pais acerca da necessidade de fazer as tarefas todos os dias. E, se for insuficiente, acionar, no Conselho Tutelar, os responsáveis cujos filhos persistem. Esses alunos estão, segundo o Código Penal (Art. 246), em situação de abandono intelectual, o que prevê graves sanções.

3) Incumbe aos pais: independentemente da escolaridade e do tamanho das suas ocupações, disciplinar um horário cotidiano para as tarefas dos filhos e demonstrar interesse pelo que fazem, sem, contudo, fazer por eles. Precisam instigá-los a explicar o que, como e por que fazem desse ou daquele modo. Estudantes têm direito de brincar, mas têm o dever de fazer as tarefas diárias.
É importante que, a cada dia, os pais questionem os filhos sobre o que aconteceu e que aprenderam na escola. Ou demonstram aos filhos que qualquer coisa que tenha havido, que aconteça ou se nada tenham aprendido, está bom.

4) Incumbe aos alunos: diariamente, fazer as tarefas de casa, anotar as dúvidas e saná-las com o professor na aula seguinte.
Isso também constitui oportunidade de aprendizagem e não custa dinheiro.



Veja tudo sobre: educação, artigo
 


OUTRAS NOTÍCIAS



ESPORTES

Jogos da base terminam em confusão

12/07/2019, 06:00

GERAL

Médicas visitam o Abrigo dos Velhinhos

12/07/2019, 06:00

GERAL

Jairo Cascaes será prefeito interino por 10 dias

12/07/2019, 06:00

SEGURANÇA

Casal é preso com 370 quilos de maconha

12/07/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL