MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

19/06/2019, 06:00

Quem será o próximo?


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 

Foi com muita surpresa que se espalhou na terça-feira a notícia sobre a prisão temporária do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, tornando-se o principal assunto nas rodas políticas do Estado. Antes mesmo da Operação Chabu, colocada em prática pela Polícia Federal (PF), outra ação da corporação deu início à investigação que culminou na prisão. Em agosto de 2018, foram cumpridos mandados contra investigados por vazar informações sigilosas em Santa Catarina. Os levantamentos tiveram continuidade e os policiais constataram a entrada do prefeito Gean. A operação cai como uma bomba, principalmente considerando que ano que vem haverá eleições. A pergunta feita agora é: quem será o próximo?

Afastado
O TRF4 determinou o afastamento do prefeito Gean Loureiro das suas funções por 30 dias, além da prisão temporária por cinco dias. Ele também está proibido de deixar o Estado e de falar com uma série de pessoas envolvidas na investigação.

Parceria
A secretaria de Urbanismo, Mobilidade e Planejamento de Tubarão inicia nesta semana a instalação de três abrigos de passageiros que foram produzidos por meio de parceria público-privada. A prefeitura não teve custos e as três empresas que encomendaram os equipamentos puderam aproveitar o espaço para expor as marcas ou logotipos. Os abrigos ficarão ao longo da avenida Marcolino Martins Cabral.

90 lojas notificadas
O Procon de Tubarão notificou 90 lojas do Farol Shopping por não cumprirem itens da Lei de Precificação, que dispõe sobre a oferta e as formas de afixação de preços de produtos e serviços expostos na vitrine, ausência de cópia de exemplar do Código de Defesa do Consumidor e também falta de placa com telefone do Procon Municipal. Os estabelecimentos receberam um prazo de dez dias para se adequarem às recomendações feitas pelo órgão.

Destaques DS
Os três principais assuntos que repercutiram na região na terça-feira foram trazidos com exclusividade pelo DS na edição anterior. Em Imbituba, foi o caso da criança que morreu vítima de meningite. Já em Laguna, o pedido de cassação do vereador Roberto Alves movimentou a cidade. No município de Tubarão, foi a decisão judicial que permite ao médico Cristiano Alexandre Ferreira atender pacientes do SUS no HNSC. Além do impresso, as matérias permaneceram como as três mais lidas no site do DS.

Sem resposta
Um leitor, que pediu para não ser identificado, entrou em contato com o DS para reclamar do atendimento feito pelo Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) por telefone. Ele precisava tirar uma dúvida sobre um atendimento, ligou três vezes e foi informado que o atendimento era só presencial. “Eu sou de Tubarão e posso ir até o HNSC, mas e quem não é? Tentei até buscar a ouvidoria do hospital, mas não existe”, reclama o paciente. 

Sorteio
A sorte vai contemplar dez pessoas com vales-compras no valor de R$ 300 cada nesta quarta-feira, em mais um sorteio do Festival de Prêmios Tubarão, promovido pela CDL. O sorteio acontece a partir das 10h e pode ser acompanhado ao vivo pelo Facebook da CDL Tubarão. O consumidor tem direito a cupom a cada R$ 100 em compras.



Veja tudo sobre: florianópolis, prefeito, trf4, farol shopping, cdl
 


OUTRAS NOTÍCIAS



ESPORTES

Evento vai reunir mais de 140 skatistas

19/06/2019, 06:00

GERAL

Dia do Soldado: disciplina e valores do serviço militar

19/06/2019, 06:00

GERAL

Hospital de Laguna fica sem atendimento eletivo

19/06/2019, 06:00

SEGURANÇA

Vítima fica presa às ferragens em acidente no Morro do Formigão

19/06/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL