MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

18/06/2019, 06:00

Nova norma: uso de simulador se torna facultativo


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 


Uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicada no Diário Oficial da União de ontem torna facultativo o uso de simulador de direção veicular no processo de formação de condutores para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Em Tubarão, a Autoescola Record foi a primeira do Estado a adquirir o simulador, ainda em 2014, assim que saiu a nova regra obrigando o uso do aparelho. Porém, segundo Diocélia Kuntz de Oliveira, diretora do Centro de Formação de Condutores, ele sequer foi usado, porque logo em seguida uma outra resolução tornou facultativo o uso em Santa Catarina.

“O resultado foi que tivemos um custo alto para adquirir o simulador, de aproximadamente R$ 42 mil, quase o equivalente a um carro, e nunca o utilizamos. Está lá até hoje parado. Agora, sai mais esta resolução no país que desobriga no Brasil inteiro. Realmente, o uso do simulador sempre foi alvo de polêmicas, pois muitos não o consideraram eficaz. Eu acredito que para uso em conjunto de aula, para agregar no treinamento, é válido, mas realmente nada substitui a aula prática em um veículo nas ruas”, comenta.

As medidas começam a valer num prazo de 90 dias, contados a partir de ontem – data em que a matéria foi publicada no Diário Oficial.

Em abril, durante reunião do Contran que definiu as novas regras, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse que as mudanças ajudarão a desburocratizar etapas do processo de formação do condutor. “As decisões foram fruto de muita reflexão, e estão sendo tomadas com toda responsabilidade”.

Na oportunidade, ele argumentou que o simulador não teria eficácia comprovada. “Ninguém conseguiu demonstrar que isso tem importância para a formação do condutor. Nos países ao redor do mundo, ele não é obrigatório, e em países com excelentes níveis de segurança no trânsito também não há essa obrigatoriedade. Então, não há prejuízo para a formação do condutor”, disse.



Veja tudo sobre: contran, trânsito
 


OUTRAS NOTÍCIAS



GERAL

CEI ganha novas estruturas e beneficia comunidade

18/06/2019, 06:00

ESPORTES

Judoca de TB é convocada para Seleção Catarinense

18/06/2019, 06:00

ESPORTES

Lesão tira atleta da disputa do Pan

18/06/2019, 06:00

GERAL

Deputada destina R$ 1,4 mi à região

18/06/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL