MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

14/06/2019, 06:00

Pacote de obras foi apresentado para qualidade de ensino e de estrutura


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 


A Fundação Municipal de Educação (FME) irá atuar com foco em três frentes de trabalho, baseada em acessos, permanência dos alunos nas escolas e qualidade de ensino na utilização dos recursos em um pacote de obras e de serviços educacionais, em um montante de R$ 1,5 milhão.

Ontem, no auditório da Amurel, o pacote foi detalhado em evento que contou com a participação do prefeito Joares Ponticelli, secretários e diretores de escolas. Um levantamento realizado pela gerência de Educação junto às escolas definiu os serviços que necessitavam ser feitos.

De acordo com o diretor-presidente da FME, professor Maurício da Silva, os recursos conquistados serão investidos em obras de reparo e ampliação em diversas unidades escolares. “Vamos construir quatro novas salas de aula em duas escolas mais afastadas do Centro. Nestes  casos, as crianças que precisavam de creche não puderam ser beneficiadas com as vagas compradas na rede particular porque os pais não tinham condições de levá-las, por ser muito distante de suas residências. Então, vamos construir estas salas para que possam abrigar mais alunos e ir ao encontro de zerar as filas na educação”, comenta.

Além disso, serão climatizadas todas as salas de aula da rede municipal que ainda não contam com o benefício. “Queremos melhorar a qualidade nos ambientes escolares para que alunos e professores sintam-se motivados, e para não termos risco de evasão. Por isso, vamos adquirir aproximadamente 80 climatizadores para instalar em todas as escolas que necessitam. Iremos atender 100% da demanda”, pontua Maurício.

Outra melhoria a ser realizada, segundo o professor, será a rede elétrica, e também questões de goteiras nas escolas que passam por estes problemas. “Muitas escolas estão sem manutenção há anos, e a situação vai se agravando a cada ano. Não há mais como esperar. As obras são mais do que necessárias”, destaca.

Salas de informática serão incrementadas, e computadores mais antigos, substituídos. “Vamos comprar 20 computadores novos para serem instalados nestas escolas. Além disso, os Centros de Educação Infantil que ainda não possuem parque para os alunos serão dotados desse equipamento; e, para citar mais uma melhoria, problemas com muros quebrados ou a falta deles também serão sanados”, diz.

 

Até o final do ano, todas as escolas serão atendidas

O professor Maurício da Silva diz ainda que estes recursos atenderão, neste primeiro momento, quase a totalidade das escolas e Centros de Educação Infantil, apenas quatro devem ficar de fora por enquanto. “Temos no município em torno de 50 escolas e CEIs. Vamos atender a todos, mas neste primeiro momento três ou quatro ficarão sem as melhorias. Porém, já estamos com outro projeto, e a liberação dos recursos deve ocorrer em setembro, quando, então, totalizaremos as melhorias em toda a rede de educação municipal”, garante.



Veja tudo sobre: obras, educação, fme
 


OUTRAS NOTÍCIAS



GERAL

Família busca ajuda para tratamento

14/06/2019, 06:00

SEGURANÇA

Carro incendiado tinha sido furtado em igreja

14/06/2019, 06:00

GERAL

Ponte danificada por ônibus passará por obras

14/06/2019, 06:00

SEGURANÇA

Detento do semiaberto foge do presídio de Tubarão

14/06/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL