MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

11/06/2019, 06:00

Poluição do ar


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 

Desde o ano passado, o DS traz matérias alertando para a falta de monitoramento, independentemente da qualidade do ar na região. Atualmente, só a Engie faz aferições. Pior, Tubarão já teve registro de chuva ácida, e não há qualquer acompanhamento. Como o governador Calor Moisés é de Tubarão, assim como o próprio secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo, Lucas Esmeraldino, o qual é vinculado ao Instituto do Meio Ambiente (IMA), esperava-se uma atenção maior ao tema. A falta de monitoramento já foi, inclusive, discutida na Câmara quando Lucas era vereador. Na última semana, o DS voltou a procurar a secretária de Estado, e não há nenhuma resposta concreta sobre o assunto, conforme matéria publicada na edição de fim de semana.  

Sem comprometimento
A poluição traz graves prejuízos à população, e é preciso agir com mais rigor na fiscalização. Não é aceitável que, com tanta tecnologia disponível, o Estado aceite que a própria empresa faça a aferição, sem qualquer contraprova independente, até para que sejam cobradas medidas mais eficazes de controle desta poluição. Falta, mais uma vez, comprometimento do governo do Estado com situações da região.

União
Uma união de esforços entre os funcionários da Fundação Municipal de Educação (FME), os pais e os alunos foi realizada em duas escolas municipais no fim de semana, com mutirões e brincadeiras, integrando família e escola. Desta vez, as ações ocorreram no Centro de Educação Infantil (CEI) Leonor Lima Brasil, em Oficinas, e na Escola Municipal de Educação Básica João Paulo I, no bairro Humaitá.

Repasses
Representantes da prefeitura de Braço do Norte e do Hospital Santa Teresinha (HST) assinaram ontem mais um convênio para repasse. Os valores são referentes à devolução de recursos feita pela Câmara de Vereadores. O montante repassado ao HST foi de R$ 150 mil. “O presidente da Câmara, Jacinto Orben Perin, com o apoio de todos os vereadores, sinalizou o interesse do repasse ao Santa Teresinha desde o primeiro momento em que entrou na presidência, e assim também foi com as outras presidentes que passaram pelo legislativo: Soraya e Maria. É esse esforço em conjunto que faz com que o HST caminhe na direção certa”, comentou.

Jacarés
O constante aparecimento de jacarés na região tem gerado estranheza entre a população. De acordo com o biólogo especialista em répteis Rodrigo Ávila Mendonça, o motivo são as fortes chuvas que ocorreram nas últimas semanas, fazendo com que estes animais descessem pelo rio. Mas isso não é suficiente para convencer algumas pessoas. Há quem acredite que existe alguma criação clandestina de jacarés, possivelmente na região da Madre, o que explicaria os aparecimentos em Laguna. Afinal, de acordo com quem defende essa teoria, isso não ocorria com tanta frequência.  



Veja tudo sobre: meio ambiente, ar, poluição, fme, educação, hospital, hst, jacaré
 


OUTRAS NOTÍCIAS



SEGURANÇA

Obras do presídio devem ficar prontas até agosto

11/06/2019, 06:00

SEGURANÇA

Fiscalização para manter segurança após intoxicação de alunos

11/06/2019, 06:00

GERAL

Melhorias no transporte público são apresentadas

11/06/2019, 06:00

DA REDAÇÃO

Réu é condenado a 20 anos por morte do Mukirana

11/06/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL