MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

29/05/2019, 06:00

Futuro de Tubarão é discutido durante encontro


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 


A um ano do seu sesquicentenário, Tubarão deve pensar para onde está caminhando e o que precisará ser feito para alcançar um desenvolvimento sustentável ao longo das próximas décadas.  Ontem, a Unisul e a Em Revista reuniram lideranças políticas, empresariais e de classe para uma discussão sobre o futuro da cidade.

“Para onde caminha a nossa Tubarão” foi realizado no Clube de Campo e foram ainda entregues homenagens aos jornalistas e radialistas, indicados pelos respectivos veículos em que trabalham, pelos relevantes serviços prestados à cidade. O DS foi um dos homenageados.

Estiveram presentes o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli; o diretor presidente da Fundação Municipal de Educação, Maurício da Silva; o secretário de Desenvolvimento Econômico, Giovanni Bernardo; o secretário de Comunicação do Estado, Ricardo Dias; o presidente da Acit (Associação Empresarial de Tubarão), Edson Martins Antônio; e o reitor da Unisul, Mauri Luiz Heerdt, entre outros convidados.

“A sociedade de Tubarão precisa ser despertada para a realidade. Cada cidadão também precisa enxergar os problemas que ele mesmo pode ajudar a equacionar, como consertar calçadas em frente à sua casa ou empreendimento, cuidar do bairro, da escola. Da mesma forma, o poder público necessita projetar a cidade para os próximos 20 anos”, afirmou o idealizador do evento, Henrique Bueno, proprietário da Em Revista.

Na opinião da maioria dos convidados, Tubarão tem características de uma cidade pronta para as mudanças. A sua estrutura geográfica enseja aos cidadãos a opção por andar a pé ou pedalar, considerando as proximidades dos bairros e áreas de serviço. Trocar o hábito de se deslocar de carro por andar ou pedalar vai depender da infraestrutura da cidade, salienta o reitor da Unisul, Mauri Heerdt, que cita Florianópolis como uma cidade que enfrenta hoje dificuldade para dispor de ciclovias e passeios. “Somos uma cidade com amplas condições de se preparar para 2030 sem precisar se reconstruir”, observa.

“Continuaremos sendo uma cidade humanizada e acolhedora, diferente da grande maioria das cidades brasileiras. Tubarão tem sinergia e o seu povo é capaz de se mobilizar para transformar a região em um lugar ainda mais agradável para se viver”, afirma o coordenador do campus Tubarão da Unisul, Rafael Faraco.

Henrique Bueno diz que a motivação para a realização do evento foi a de celebrar o momento em que a revista completa 15 anos de circulação em Tubarão e região, justamente no mês em que Tubarão também faz aniversário. 

“A proposta para esse encontro, além de debater o futuro da cidade é, também, de homenagear a imprensa tubaronense que tanto contribui para que Tubarão cresça, se desenvolva e seja uma cidade cada vez melhor para se viver”, aponta.



Veja tudo sobre: tubarão, desenvolvimento sustentável
 


OUTRAS NOTÍCIAS



ESPORTES

Corrida do Bem reúne mais de 560 atletas em Tubarão

29/05/2019, 06:00

GERAL

Recurso de R$ 30 milhões irá acelerar crescimento de TB

29/05/2019, 06:00

ESPORTES

Brusque vence e Peixe garante Série D

29/05/2019, 06:00

ESPORTES

Futsal: Tubarão empata fora de casa

29/05/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL