MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

26/04/2019, 06:00

Lixão na beira-rio


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 

A beira-rio é a marca registrada de Tubarão, e era para ser o ponto mais bonito da cidade. Mas, infelizmente, se torna um verdadeiro lixão a céu aberto. E não é possível nem culpar o Poder Público. Quem joga o lixo na beira-rio é a própria população. Por diversas vezes, mutirões já foram realizados, mas o descaso persiste. É preciso criar uma legislação que possa realmente autuar os verdadeiros culpados, além de buscar formas de unir a população para que ajude a fiscalizar e denunciar. Também é necessário pensar em como lidar com os moradores de rua nestes casos, já que muitos lixos são levados para a beira-rio por eles.

Incompleto
Falando na beira-rio, no início do ano foram citados aqui os problemas na ciclofaixa. Pouco depois, iniciaram a manutenção, mas ainda não houve a conclusão. Em alguns trechos, o asfalto está cortado de fora a fora; em outros, há lama, e também não existe o escoamento da água. Isso faz com que ciclistas sejam obrigados a trafegar na mesma faixa dos veículos, gerando risco de acidentes, o que deixa também a cidade com impressão de descuidada. 

Audiência
Além do encontro para debater a instalação da fosfateira, uma audiência pública foi realizada na sede da Amurel ontem para tratar sobre os impactos de leis estaduais na cadeia produtiva agropecuária. A audiência foi uma proposição do deputado Volnei Weber (MDB), depois de manifestações do colegiado de secretários de Agricultura e Pesca da Amurel, da Cosapesc, e da própria Fecam. A intenção era dar oportunidade para que todos os setores possam manifestar suas posições sobre os reflexos econômicos e sociais.

Doação
Com o objetivo de auxiliar e garantir o melhor desempenho da população na cozinha, a Afubra de Tubarão promoveu mais uma edição do curso de culinária “Cozinhando com Elis”. O evento reuniu mais de 150 participantes no salão paroquial da igreja do Humaitá. O curso gratuito arrecadou quilos de alimentos, que foram doados na manhã de ontem ao Centro de Apoio à Criança e ao Adolescente (Ceaca) de Capivari de Baixo. De acordo com o padre Eduardo, que auxilia no cuidado, mais de 170 menores são atendidos no local.

Fim do horário
O presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto que extingue o horário de verão no Brasil em 2019. Para assinar o texto, Bolsonaro convidou para ficarem ao seu lado deputados e senadores que tenham apresentado projetos legislativos para a extinção do horário. Estudos do Ministério de Minas e Energia mostraram que não existe economia de energia.

Bagagem
Para quem costuma viajar de avião, é bom prestar mais atenção nas bagagens de mão. As empresas aéreas brasileiras começaram neste mês a intensificar a fiscalização do tamanho das bagagens de mão em voos nacionais. Desde ontem, em quatro aeroportos do país, as bagagens que estiverem acima do tamanho padrão têm que ser despachadas. A ação iniciou por Brasília, Curitiba, Campinas e Natal. Em outros nove terminais, as aéreas estão orientando os passageiros sobre as normas em vigor. Segundo as regras da Anac, em vigor desde maio de 2017, a bagagem de mão pode pesar até 10kg. 



Veja tudo sobre: lixo, beira-rio, horário de verão, ciclofaixa, afubra
 


OUTRAS NOTÍCIAS



SEGURANÇA

Corpo de mulher é encontrado no rio Tubarão

26/04/2019, 06:00

ESPORTES

Judoca de TB é convocada para Seleção Catarinense

26/04/2019, 06:00

SEGURANÇA

Acusado de incêndio é preso

26/04/2019, 06:00

GERAL

Deputada destina R$ 1,4 mi à região

26/04/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL