MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

23/04/2019, 06:00

Visita do presidente da Alesc


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Julio Garcia (PSD), acompanhado do deputado federal do mesmo partido Ricardo Guidi e assessores, visitou ontem o Diário do Sul durante sua passagem por Tubarão. Julio falou sobre a reforma administrativa no Estado, avaliou o novo governo, a situação econômica, e apontou o que deve ser feito, além de se posicionar sobre a discussão referente à unificação das eleições (leia mais na página 5). O presidente da Alesc tem forte ligação com a região.

Na Câmara
O presidente da Câmara de Vereadores de Tubarão, Jairo Cascaes, também recebeu no gabinete da presidência o presidente da Alesc, Julio Garcia, e o deputado federal Ricardo Guidi. Na oportunidade, foi realizada uma conversa institucional com agendas futuras na busca de recursos para um melhor desenvolvimento da cidade.

Pente fino
A reforma administrativa no Estado será profundamente debatida em três audiências públicas marcadas pela Assembleia Legislativa, entre hoje e quinta-feira. O secretariado participará em peso dos encontros, e a proposta deve passar por um inédito e verdadeiro pente fino.

Em busca de soluções
Uma comitiva da Amurel, liderada pelo presidente da associação, o prefeito de Braço do Norte, Beto Kuerten, participou ontem de uma reunião na capital com o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável do Estado (SDS), Lucas Esmeraldino, para buscar soluções para a região. Quatro temas foram tratados no encontro: o projeto Líder Amurel; os conflitos encontrados pelos municípios com novas leis ambientais; o aeroporto regional de Jaguaruna; e as ligações de energia elétrica na área rural.

Exames falsos
Um laboratório em Criciúma é alvo de uma investigação que apura fraude em exames toxicológicos de caminhoneiros. O esquema foi mostrado em uma reportagem exibida pelo Fantástico no domingo. Um dos caminhoneiros entrevistados, que é de Santa Catarina, conta que pagou R$ 500 para burlar o exame e renovar a carteira de habilitação. A fraude ocorria em um salão de beleza da cidade.

Déficit no Estado
O valor de R$ 615 é desembolsado anualmente pelo catarinense para cobrir o déficit da previdência no Estado, calculado em R$ 3,8 bilhões. É o quarto maior custo por habitante do país, segundo um estudo da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). O peso só é proporcionalmente maior no Rio Grande do Sul (R$ 1.038), no Distrito Federal (R$ 887), e no Rio de Janeiro (R$ 663). A pesquisa ainda mostra que Santa Catarina é um dos quatro estados brasileiros que têm mais pensionistas e aposentados do que servidores na ativa. Para cada servidor catarinense em exercício, há 1,06 já aposentado. No Estado, o valor pago ao grupo de inativos também supera o depositado aos servidores ativos: em média, profissionais da ativa ganham R$ 6,3 mil, enquanto pensionistas e aposentados recebem R$ 6,9 mil.



Veja tudo sobre: alesc, amurel, assembleia legislativa
 


OUTRAS NOTÍCIAS



ESPORTES

Futsal: Tubarão empata fora de casa

23/04/2019, 06:00

GERAL

Clínica oferece teste rápido de hepatite

23/04/2019, 06:00

GERAL

Recurso de R$ 30 milhões irá acelerar crescimento de TB

23/04/2019, 06:00

ESPORTES

Ciclista tubaronense participará de prova internacional

23/04/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL