MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

17/04/2019, 06:00

Menos tolerantes


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 

A divergência de opinião política ainda causa muita tensão entre as pessoas, aponta a pesquisa global “A World Apart”, da Ipsos. Segundo o estudo, três em cada dez brasileiros (32%) acreditam que não vale a pena tentar conversar com pessoas que tenham visões políticas diferentes das suas. O índice do Brasil está acima da média do mundo, que é de 24%. Além disso, 40% dos brasileiros se sentem mais confortáveis com pessoas que possuem posições políticas similares às suas. Globalmente, o índice é de 42%.

Irredutíveis
O levantamento mostra que uma parte dos brasileiros acredita que as pessoas não pretendem rever o que pensam: 39% dizem que é improvável que quem possui uma visão política diferente mude de opinião, mesmo que uma evidência seja apresentada. No mundo, metade das pessoas (49%) acredita que a opinião não deve mudar. A pesquisa on-line foi realizada com 19,7 mil entrevistados, em 27 países, incluindo o Brasil.

Mudança
O prefeito em exercício de Santa Rosa de Lima, Alfonso Kulkamp, juntamente com o prefeito licenciado, Salésio Wiemes, comunicou mudança no secretariado do município. Ricardo Eller solicitou desligamento da secretaria de Juventude, Turismo e Cultura, como já estava previsto. O atual oficial de gabinete Sebastião Vanderlinde acumulará o cargo e responderá temporariamente pela Pasta.

Prefeitura e Apae
A prefeitura de Orleans firmou convênio com a Associação de Pais e Alunos dos Excepcionais (Apae). O valor de R$ 20 mil tem validade até dezembro, e auxiliará a instituição nas despesas de combustível, telefone/internet, água e energia. “Todo recurso repassado à Apae é um dinheiro bem empregado, pelo importante trabalho que faz em nosso município. A Apae de Orleans é referência em relação ao atendimento especial no Estado”, avalia o prefeito Jorge Koch.

Quebra de decoro
Entidades protocolaram na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc) a representação de quebra de decoro parlamentar contra a deputada Ana Caroline Campagnolo (PSL). O documento foi encaminhado pela Associação Catarinense de Rádio e Televisão (Acaert), pela Associação Catarinense de Imprensa (ACI), pelo Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina, e pela Federação Nacional de Jornais (Fenaj), que entendem que a deputada ofendeu jornalistas durante entrevista na capital. A Alesc informou que a Comissão de Ética vai avaliar se receberá a denúncia. Neste caso, será indicado um relator para a abertura de processo.

Despedida
Morreu ontem pela manhã o ex-prefeito de São Ludgero Raulino De Pieri. Ele estava internado no Hospital Santa Teresinha, em Braço do Norte. A missa e o sepultamento ocorreram no mesmo dia. Raulino tinha 92 anos, foi empresário do setor madeireiro e comerciante, sendo prefeito entre 1973 e 1977. A prefeitura decretou luto oficial de três dias.



Veja tudo sobre: política, santa rosa de lima, apae, orleans, alesc
 


OUTRAS NOTÍCIAS



SEGURANÇA

Atropelamento mata homem na BR-101

17/04/2019, 06:00

GERAL

Recurso de R$ 30 milhões irá acelerar crescimento de TB

17/04/2019, 06:00

GERAL

Educadores do Ciaca são afastados por negligência

17/04/2019, 06:00

GERAL

Um novo Mercado Público com nova vista

17/04/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL