MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

05/04/2019, 06:00

Censura em Capivari?


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 

A apresentação do comediante Léo Lins, que estava prevista para ocorrer no Parque Encantos do Sul, em Capivari de Baixo, foi cancelada e levantou a discussão sobre censura. Ontem, comediantes nacionais se manifestaram em apoio ao artista, entre eles Danilo Gentili, com quem o artista trabalha. Há alguns dias, Léo Lins pediu aos seguidores no Instagram que relatassem histórias da região, e, a partir dos comentários, fez um vídeo. Ele citou a Engie, as câmeras de monitoramento, e até vereadores que já foram presos na cidade. Na sequência, o show foi cancelado. Ontem, Léo Lins postou a foto do prefeito Nivaldo de Souza, na rede social, com a tarjeta de censura. Quem realmente teve a ideia de cancelar a apresentação só esqueceu que tudo que Léo Lins falou no vídeo foi dito e pensado por quem mora aqui. Algumas verdades doem. Principalmente na população que enfrenta os problemas no dia a dia.

Peça de teatro
Coincidentemente, a Cyathus Teatro de Animação também acusa a prefeitura de Capivari de Baixo de censura. O grupo visitaria as escolas municipais com a peça “20 minutos para jantar com Catório”, mas as apresentações foram proibidas (leia mais na página 4).  

Debate
Com o evento tem o objetivo de provocar o debate sobre a atual situação das cidades, ocorreu ontem o Seminário Federalismo e o Papel dos Municípios, em uma ação do TCE, Ordem dos Advogados e Fecam, na Capital. O prefeito de Tubarão e presidente da Fecam Joares Ponticelli proferiu a palestra “Desafios na gestão municipalista: aspectos políticos e administrativos concretos sobre o governo das cidades”. O próprio TCE já apresentou estudo de inviabilidade de cidades com menos de cinco mil habitantes.

Relator
Está tramitando na Assembleia Legislativa o projeto da reforma administrativa do governo do Estado. ‘’Acima de tudo, agradeço a confiança. Vamos relatar este projeto com muita responsabilidade, buscando elencar pontos que proporcionem qualidade de vida aos catarinenses’’, concluiu Volnei. A Alesc tem o prazo de 45 dias para fazer o trâmite do projeto. A data para apreciação é para o dia 10 de maio.

Mudança no trânsito
O cruzamento das ruas Sílvio Cargnin e Tereza Cristina, em Oficinas, foi modificado, em Tubarão. Para evitar acidentes e problemas por conta de congestionamento em horários de “pico”, fica proibida a travessia da Sílvio Cargnin. Quem trafega pela Tereza Cristina será obrigado a virar à direita.

Exoneração
A prefeitura de Orleans informou ontem que o secretário e vice-prefeito, Mário Coan, formalizou pedido de exoneração do cargo de secretário de Administração. Mário diz que assumiu a Pasta a pedido do prefeito, que não acumulou vencimentos e, ainda assim, tem sido alvo de questionamento de vereadores, através de denúncias que denigrem sua imagem. O secretário adjunto Jair Wagner assume a secretaria interinamente.



Veja tudo sobre: censura, teatro, trânsito
 


OUTRAS NOTÍCIAS



SEGURANÇA

Veículo capota em Passo do Gado

05/04/2019, 06:00

ESPORTES

Associação Tubaronense de Judô se destaca em Campeonato Estadual

05/04/2019, 06:00

DA REDAÇÃO

Cães ganham camas feitas com pneus usados

05/04/2019, 06:00

ESPORTES

Tubarão Futsal vence o Joaçaba fora de casa por 4 a 2

05/04/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL