MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

15/03/2019, 06:00

Técnico Luizinho Vieira assume o Tubarão


Guilherme Simon 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 


Créditos: Comunicação C.A. Tubarão/DS

Uma “ação dura e drástica”. Assim definiu o presidente Luiz Henrique Martins Ribeiro antes de apresentar o novo técnico do Tubarão, Luizinho Vieira,  ontem à tarde. Faltando seis rodadas para o fim do Catarinense, o Peixe troca de treinador pela terceira vez, em mais uma tentativa de reagir e escapar do rebaixamento.

O anúncio veio de supetão, nas redes sociais do clube, por volta do meio-dia: Gilberto Pereira, que comandou a equipe em apenas três jogos, com dois empates e uma derrota, havia sido desligado na noite anterior, e Luizinho Vieira chegava para substitui-lo. Duas horas depois, Luizinho já era apresentado oficialmente na sala de imprensa da Vila.

A dispensa de Gilberto Pereira, que também incluiu o auxiliar técnico Fernando Gil, veio após a chegada do coordenador Abel Ribeiro, nesta terça-feira. A diretoria não via evolução no trabalho do treinador.

Em suas primeiras palavras no Peixe, Luizinho Vieira reconheceu o desafio que tem pela frente e pediu o apoio da torcida. “Só conheço uma maneira de algo dar certo: com a união de todas as forças”, comentou.

Luizinho também prometeu um  time simples, organizado e comprometido para buscar a reação já contra o Criciúma, no domingo. “A gente tem a obrigação de lutar pelas vitórias para poder tirar o time do rebaixamento. O torcedor pode ter certeza de que vai ver seu time brigando jogada a jogada”, disse.

Após a coletiva, ele teve a primeira atividade com o elenco. O técnico terá mais dois treinos para encaixar o time até a estreia diante do Tigre: um, hoje à tarde, e outro, no sábado pela manhã.

Natural de Criciúma, Luizinho Vieira tem 47 anos. Teve a primeira experiência como treinador nas categorias de base do Tigre, em 2014. Nos anos seguintes, comandou o Itumbiara (MG) e também o Luverdense (MT). Nesta temporada, esteve à frente do Sergipe. O contrato dele com o Peixe vai até o fim do Estadual.

INSTABILIDADE INCÔMODA E DEFESA DE RONDINELLI
Antes de apresentar o xará (Luizinho Vieira também se chama Luiz Henrique), o presidente Luiz Henrique Martins Ribeiro afirmou que a decisão de trocar o comando do time foi bastante difícil, principalmente por demonstrar instabilidade.
“Isso incomoda, porque a gente sempre busca trazer estabilidade para o clube. Mas essa instabilidade só acontece em razão dos resultados, que não estão vindo”, disse o presidente. No momento, o Peixe é o penúltimo colocado do Estadual.
Luiz aproveitou para elogiar o trabalho do gerente de futebol Júlio Rondinelli, alvo de críticas da torcida. “Esse é o mesmo Júlio que fez a campanha da Copa Santa Catarina que nos deu o título, o mesmo que nos levou ao terceiro lugar do Catarinense”, defendeu.



Veja tudo sobre: Aatlético tubarão, contratação, técnico
 


OUTRAS NOTÍCIAS



DIVERSÃO

Escoteiros fazem ação em escola neste sábado

15/03/2019, 06:00

SEGURANÇA

Grupo é preso com quatro quilos de maconha em Imbituba

15/03/2019, 06:00

GERAL

Mês certo para casar varia para cada história

15/03/2019, 06:00

SEGURANÇA

Meia Maratona acontece neste domingo

15/03/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL