MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

14/03/2019, 06:00

sem defesa


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 

A lamentável tragédia no Colégio de Suzano, na Grande São Paulo, trouxe à tona novamente a segurança nas escolas de todo o país. Nas redes sociais, principalmente, a discussão girou em torno do porte de arma. Uma ala, na maior parte de apoiadores do governo Bolsonaro, acredita que as mortes teriam sido evitadas se um professor estivesse armado. Foi o que afirmou ontem o senador Major Olímpio (PSL-SP), líder do partido. Outro grupo considera que o grande problema do Brasil hoje é a falta de controle eficaz do contrabando de armas, sendo possível qualquer um adquirir o armamento ilegalmente. Essa realidade não mudaria com uma nova legislação liberando a posse, somente com o fortalecimento das polícias e de operações de combate à criminalidade.

Dois lados
Tem quem seja contra facilitar a posse de arma, pois acredita que ainda assim aumentem os riscos para a própria população. Primeiro, até mesmo pela falta de preparo em lidar com situações extremas. Segundo, porque terceiros poderão ter acesso a essas armas, com ou sem consentimento. Por outro lado, quem é a favor defende a possibilidade de legítima defesa, já que a segurança pública vive uma situação extremamente precária.

Diferença
É preciso entender nesta discussão que o direito à posse é a autorização para manter uma arma de fogo em casa ou no local de trabalho, desde que o dono da arma seja o responsável legal pelo estabelecimento. Para andar com a arma na rua, é preciso ter direito ao porte, cujas regras são mais rigorosas. O decreto assinado por Bolsonaro no início do ano, cumprindo promessa de campanha do presidente, é referente a facilitar a posse.

Pane
O Facebook, o Instagram e o Gmail estão apresentando instabilidade no Brasil e em outros países desde o início da tarde de ontem. Usuários relatam dificuldades para postar conteúdos nos perfis. As tentativas resultam em uma mensagem de problema para atualizar o status. Alguns também afirmaram que não conseguem nem sequer logar na rede social. “Estamos cientes de que algumas pessoas estão tendo problemas para acessar a família de apps do Facebook. Estamos trabalhando para resolver o problema o quanto antes”, disse a empresa em seu perfil no Twitter.

Mulheres do brasil
A presidente da Associação Empresarial de Orleans (Acio), Thayni Librelato, esteve reunida com empresárias em Florianópolis para debater sobre a realidade e os desafios da atualidade. O grupo chamado “Mulheres do Brasil”, do qual a empresária agora faz parte, foi criado em 2013 para buscar melhorias para o país. Atualmente, a presidente é a empresária Luiza Helena Trajano, da Magazine Luiza, e o grupo conta com 24 mil participantes no Brasil e no exterior.

Unisul
Embora a Unisul tenha afirmado que nunca cogitou a venda do patrimônio de sua Fundação, informações inconsistentes se repetem de forma aleatória, pondo em dúvida as ações da instituição. “As consequências da informação especulativa só tendem a prejudicar a universidade, criada há 55 anos, e que se constitui no maior patrimônio comunitário da região”, informou ontem a Unisul.

Do sul
Os deputados estaduais com base nos municípios do Sul realizaram hoje, na Assembleia Legislativa, o primeiro encontro da Bancada do Sul. Dos oito nomes, faltou apenas o deputado Felipe Estevão (PSL). O encontro reuniu os deputados Júlio Garcia, Ada de Luca, José Milton Scheffer, Luiz Fernando Vampiro, Rodrigo Minotto, Volnei Webber e Jessé Lopes. O principal objetivo da bancada do Sul é unir forças em defesa dos pleitos da região.

Bicas de água
Uma vistoria foi realizada nas quatro bicas existentes em Tubarão por uma equipe da prefeitura e da Delegacia de Crimes Ambientais. A ação visa garantir a saúde da população, além de atender a questionamentos do Ministério Público e do Conselho Municipal de Saúde. A única que está em boas condições é a do bairro Humaitá (rua Roberto Zumblick).



Veja tudo sobre: unisul, facebook, tragédia
 


OUTRAS NOTÍCIAS



GERAL

Modelo de Orleans é destaque internacional

14/03/2019, 06:00

ESPORTES

Leão deixa escapar vitória

14/03/2019, 06:00

GERAL

Conscientização marca Dia da Água

14/03/2019, 06:00

GERAL

MPF diz que casas estão em local irregular

14/03/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL