MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

09/03/2019, 06:00

Bazar busca ajudar jovem


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 


Acontece neste sábado, em Pescaria Brava, o bazar beneficente da campanha “Todos pela Cíntia”. Roupas, sapatos, bicicleta e outros acessórios estarão à venda com preços a partir de R$ 1.

Todo o dinheiro arrecadado com a venda das peças será depositado na conta criada pela família de Cíntia. Eles precisam de R$ 113 mil para que a jovem, de 17 anos, possa fazer uma cirurgia de tratamento da escoliose de grau avançado. O problema é consequência de uma síndrome rara que a jovem tem, de Landau-Kleffner (SLK).

No mês passado, o DS trouxe uma matéria falando sobre o caso de Cíntia. Na época, a mãe, Liliane, descobriu que a filha não estava na fila do Sistema Único de Saúde (SUS), como foi prometido pelo hospital, de Florianópolis, onde Cíntia fazia o tratamento de escoliose. Por esse motivo, a família decidiu fazer uma campanha, por conta própria, para arrecadar o valor da cirurgia.

“A comunidade tem ajudado bastante. Já conseguimos arrecadar, até agora, R$ 18 mil. Mas a cirurgia é muito cara, e continuamos precisando dessa ajuda. O bazar, por exemplo, está sendo feito por uma comerciante aqui da cidade. Tudo o que estará à venda foi arrecadado através de doação. Tem gente até de Criciúma apoiando a causa”, conta Liliane Martins Eliseu.

O bazar será realizado na Sede Botafogo, na estrada geral do bairro Santiago, em Pescaria Brava. O horário de atendimento será das 8h às 12h e das 14h às 18h, ou até acabar o estoque.


Doações

Mesmo com o bazar, a família continua a luta para alcançar a meta dos R$ 113 mil. As doações podem ser feitas através de uma conta poupança, aberta pela família, em nome de Cíntia Eliseu Ouriques, na Caixa Econômica Federal. Mais informações sobre as doações também podem ser obtidas com a mãe, Liliane, através do telefone (48) 99817-3601.

“Estamos procurando também a ajuda de mais médicos e especialistas, que possam avaliar o caso da Cíntia melhor, quem sabe até uma cirurgia mais barata. Só queremos que minha filha tenha mais qualidade de vida o quanto antes. A escoliose dificulta o dia a dia dela, além de provocar muitas dores”, explica Liliane.

Caixa Econômica Federal
-Agência: 0421   -Operação: 013    -Conta: 117225-6



Veja tudo sobre: bazar beneficente, solidariedade, escoliose
 


OUTRAS NOTÍCIAS



GERAL

Modelo de Orleans é destaque internacional

09/03/2019, 06:00

GERAL

Conscientização marca Dia da Água

09/03/2019, 06:00

DA REDAÇÃO

Avaí anuncia Jonny Mosquera

09/03/2019, 06:00

GERAL

MPF diz que casas estão em local irregular

09/03/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL