MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

06/03/2019, 06:00

Vereadora terá que devolver R$ 28 mil aos cofres públicos


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 

A presidente da Câmara de Vereadores de Jaguaruna, Joelma de Miranda Cruz (PSD), foi multada e terá que devolver ao Legislativo municipal quase R$ 28 mil.

Ela terá que cumprir o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado com o Mistério Público do Estado de Santa Catarina (MPSC), pela prática de improbidade administrativa.
No início deste ano,  uma semana após a posse, a vereadora contratou o próprio marido, Adriano Souza dos Santos, como diretor-geral da Casa. O salário dele era de R$ 3.506,76 mensais. A medida foi considerada nepotismo, quando há favorecimento de parentes por meio da nomeação para cargos públicos, em especial os cargos comissionados.
Segundo o TAC, pela contratação do esposo, ela terá que pagar uma multa no valor de R$ 5.869,82. Após o assunto ganhar repercussão, a vereadora exonerou o marido no dia 20 de fevereiro.
Enquanto o inquérito civil estava em análise pela Comarca de Jaguaruna, outra denúncia chegou ao MPSC. A vereadora contratou, no valor de R$ 16.200,00, a empresa do sobrinho para fornecer móveis novos à Câmara. Pela contratação direta e ilegal de empresa familiar, pagará outra multa no valor de R$ 5.869,82, e terá que ressarcir ao erário toda a quantia gasta com a mobília.
O DS trouxe, no dia 21 de fevereiro, a notícia de que a nomeação de Adriano pela esposa havia chamado a atenção dos moradores de Jaguaruna. Na ocasião, Joelma disse que a nomeação aconteceu por considerar que o marido possuía qualidade técnica para o cargo. Adriano já foi vereador em dois mandatos, presidente da Câmara também em dois mandatos, secretário de Obras, diretor de Obras e diretor de Compras. Por conta disso, Joelma acreditava que o marido tinha muito a contribuir com o trabalho no Legislativo. A presidente da Câmara também informou que a contratação do esposo seria temporária, por 60 dias.



 


OUTRAS NOTÍCIAS



ESPORTES

Leão se prepara para jogar no Rio

06/03/2019, 06:00

SEGURANÇA

Homem é preso por divulgar pornografia infantil

06/03/2019, 06:00

GERAL

Rua Tubalcain Faraco está liberada

06/03/2019, 06:00

GERAL

Meta é zerar fila por vagas em creches até o fim do ano

06/03/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL