MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

08/02/2019, 06:00

Transporte problemático


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 

A proposta das empresas de transporte coletivo para que a tarifa possa ultrapassar R$ 5 em Tubarão, a partir da nova concessão, deixou os usuários de ônibus atônitos. A informação, trazida com exclusividade pelo DS, repercutiu nas redes sociais e gerou inúmeras críticas às empresas. Apesar de a proposta vir baseada em melhorias, o valor atual já é considerado alto demais. Tubarão não tem linhas integradas, os pontos de ônibus são praticamente inexistentes, os horários geram reclamações e a qualidade dos veículos disponíveis também. Para que o serviço chegue próximo a um nível satisfatório, seria preciso uma completa mudança, o que poucos acreditam que possa vir a acontecer, já que as empresas continuarão sendo as mesmas.

A conta
Com um transporte público de qualidade questionável, o número de carros e motocicletas nas ruas de Tubarão é muito maior, gerando filas e congestionamentos. A conta vem para toda a população. Talvez saiam ganhando apenas taxistas e motoristas de Uber.   

Café de Negócios
O 3º Café de Negócios da Associação Comercial e Industrial de Orleans (Acio) ocorreu nesta semana com a palestra “Gestão do tempo e ferramentas de como aumentar sua produtividade”, ministrada pela contadora e consultora em gestão empresarial e financeira Milena Flor. Para finalizar a noite, os convidados participaram de uma dinâmica, com o intuito de trocar cartões e informações.

Apoio à saúde
O governador Carlos Moisés assinou um convênio que permitirá utilizar para transporte de órgãos o helicóptero alugado, até então, exclusivamente, para a locomoção do chefe do Executivo catarinense. O governador explicou que o atual contrato de aluguel da aeronave condiciona o pagamento de, ao menos, 25 horas mensais de voo, e que, diante do tempo ocioso do equipamento, foi sugerida pela Casa Militar outra utilização.

Recuou
O deputado federal Márcio Labre (PSL-RJ) voltou em sua decisão e pediu a retirada da tramitação do projeto de lei protocolado por ele na segunda-feira, que previa a proibição de venda, anúncio e uso de anticoncepcionais como DIU (dispositivo intrauterino), minipílula e pílula do dia seguinte no Brasil, por considerá-los “microabortivos”.

Fiscalização
O Procon de Imbituba realizou mais uma fiscalização de rotina nos postos de combustíveis da cidade. Ao todo, 17 estabelecimentos foram visitados. Durante o trabalho, os fiscais do órgão municipal encontraram uma variação significativa no preço praticado pelas empresas. Os produtos mais caros foram encontrados na região da Praia do Rosa. Em Tubarão, nada ainda.

Energia
Em reunião com o Ministério Público e órgãos de defesa do consumidor, a Celesc assumiu o compromisso de inspecionar 1.200 unidades consumidoras, de um universo de duas mil reclamações registradas, de cidadãos de baixa renda que apresentaram as maiores discrepâncias no valor da conta de energia elétrica nos últimos dois meses. O acordo foi firmado ontem.



 


OUTRAS NOTÍCIAS



SEGURANÇA

Caminhão tomba e mata motociclista

08/02/2019, 06:00

GERAL

Por enquanto, greve está descartada

08/02/2019, 06:00

SEGURANÇA

Pai faz alerta após furto de carro com criança dentro

08/02/2019, 06:00

ESPORTES

Rondinelli confirma novos nomes

08/02/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL