MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

10/01/2019, 06:00

Casal viaja 5 mil quilômetros em Fusca


Micheline Zim 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 


Cinco mil quilômetros e cinco mil histórias. É assim que o casal de namorados Maria Thereza de Souza, 22 anos, e Vitor Pereira Pacheco, 24, define sua primeira aventura sobre rodas, a bordo de um Fusca 1983.

Maria Thereza é natural de Tubarão e Vitor, de Curitiba. Ela hoje vive na capital paranaense com os pais e os irmãos – mas boa parte da família dela ainda mora em Capivari de Baixo.  A ideia da viagem surgiu logo após Vitor ganhar o Fusca de presente do seu padrinho, no dia em que se formou em Direito, em setembro de 2017. Apaixonado por carros antigos e por viagens cheias de aventura, não demorou para que a viagem dos sonhos dele – e abraçada pela namorada parceira – se concretizasse. “Da ideia à realização foi um ano, mais ou menos. Estudamos rotas, pesquisamos casos de pessoas que fizeram viagens do mesmo tipo em um Fusca e fomos alimentando nosso objetivo, que agora se tornou realidade”, conta o casal, maravilhado com a experiência.

O Fusca ganhou até nome e personalidade própria – com direito à conta no Instagram (@bernard_ofusca). E foi lá que a história da viagem, que teve início em 22 de dezembro, foi contada. O roteiro incluía as capitais do Paraguai, Argentina e Uruguai, além do caminho brasileiro e das cidades que precisaram percorrer até chegar a cada destino. “Foi um aprendizado atrás do outro, uma história atrás da outra, uma experiência pra vida inteira. Como costumamos dizer, foram cinco mil quilômetros e cinco mil histórias”, avaliam.

Para descansar, eles ficavam hospedados em hostels. E num único dia chegaram a percorrer, ininterruptamente, 1.222 quilômetros.

Ontem eles passaram por Tubarão, para seguir o caminho de casa e para Maria Thereza mostrar para Vitor onde nasceu, onde estão suas raízes. Seguiriam ainda para as praias da região e, até sexta-feira, estarão de volta para casa, em Curitiba. A mãe de Maria Thereza, a jornalista Helck Souza, diz que o coração de mãe ficou dividido. “É minha primeira filha, a mais velha, meu bebê. Dei asas para ela, mas é muito difícil vê-la voar sem mim. Meu coração ficou apertado de preocupação do que poderia ocorrer de mal para eles, mas ao mesmo tempo feliz de vê-los realizando um sonho”, diz.


Histórias de viagem

Entre tantas histórias, o casal se lembra de uma em especial, assim que chegaram no primeiro país a ser visitado, o Paraguai. “Tivemos problema com um pneu, paramos para trocar no caminho, que era no meio do nada. De repente apareceu um homem de bicicleta, que falava apenas em espanhol e era fanho. Mal entendíamos o que ele nos dizia, mas sabíamos que ele queria nos ajudar. Nos  ofereceu o que podia e nos fez companhia até seguirmos viagem. Pudemos sentir naquele momento a solidariedade de uma pessoa que nunca tínhamos visto”, lembra. Para viajar, o casal contou com parceiros importantes, como uma concessionária de carros, a Volkswagen Barigui, que fez a revisão do Fusca, e ainda a Real Seguro Viagem, que os presenteou com um seguro completo.



Veja tudo sobre: viagem, aventura
 


OUTRAS NOTÍCIAS



ESPORTES

Roberto, do Atlético Tubarão, já está treinando com o elenco do Figueira

10/01/2019, 06:00

GERAL

Prefeito e vereadores realizam reuniões semanais em São Ludgero

10/01/2019, 06:00

ESPORTES

Inscrições abertas para a Corrida do Bem

10/01/2019, 06:00

GERAL

Dia do Imigrante: a acolhida que muda muitas vidas

10/01/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL