MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

05/01/2019, 06:00

Obras de mercado devem iniciar segunda


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 


Os trabalhos de revitalização do Mercado Público de Laguna devem iniciar nesta segunda-feira, com previsão de 12 meses para encerrar. O aditivo para o reinício das obras foi assinado nesta semana.

A revitalização está avaliada em R$ 3.779.742,16 com recursos do BNDES, com mais R$ 1 milhão de aditivo do governo municipal.

O projeto não terá modificações, será o mesmo apresentado e aprovado em 2008. O prédio de 1958 vai ter um deck na lagoa Santo Antônio, com bares, restaurante, floriculturas, peixarias, açougues, verdureiras, sorveteria e artesanato. Serão 25 boxes que serão licitados nos próximos meses.

Em dezembro de 2018 foram entregues em mãos os contratos e o comprovante do pagamento para o BNDES referente à devolução de R$ 738.150.35.

Com o pagamento o repasse será mantido e o BNDES irá transferir o restante do convênio de R$ 2,5 milhões. O governo municipal deverá finalizar o Mercado Público ao longo de um ano, segundo o prefeito Mauro Candemil.

O valor é devido aos juros do repasse feito em 2014, de R$ 498 mil, destinados para a implantação da museologia e serviços de pesquisa e produção do acervo do Memorial Tordesilhas, que está sob investigação na Justiça. Como os projetos estavam atrelados, o BNDES, através de Lei Rouanet, deixou de repassar recursos para a obra do mercado.

 

Negociação

Depois de dois anos de negociação entre governo municipal e BNDES, em outubro de 2018 o banco sinalizou aceitar a devolução dos recursos. A assessoria jurídica do BNDES informou que a proposta repassada pelo governo municipal foi aprovada, com a condição de que a retomada dos desembolsos do banco somente ocorresse após a devolução dos recursos. Em 2015, como os três projetos estão interligados, projetos museológicos, museográficos e restauro do mercado, o BNDES paralisou o repasse também da obra do prédio. O BNDES liberou recursos para Laguna, através da Lei Rouanet, a partir de 2010.



Veja tudo sobre: mercado público, obras, laguna
 


OUTRAS NOTÍCIAS



ESPORTES

Vitória do Tigre joga o Peixe na lanterna

05/01/2019, 06:00

GERAL

Temperatura abaixo dos 20°C

05/01/2019, 06:00

ESPORTES

Professor é credenciado

05/01/2019, 06:00

ESPORTES

Alunos de Tubarão passam por graduação em artes de defesa

05/01/2019, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL