MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

07/12/2018, 06:00

Obra da passarela não atrai empresas


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 


A prefeitura de Tubarão deve relançar hoje o edital de licitação para a contratação da empresa que vai construir a passarela de concreto entre as avenidas José Acácio Moreira e Marechal Deodoro. O processo de licitação original, que teria a abertura dos envelopes ontem, não contou com empresas interessadas e teve a ata declarada como sessão deserta.

Segundo Darlan Mendes, gerente de gestão da prefeitura de Tubarão, por conta da sessão deserta – termo usado para quando a licitação é convocada e não aparece nenhum interessado –, a prefeitura vai abrir, mais uma vez, o mesmo edital.

“Geralmente, as empresas aparecem, na abertura dos documentos de habilitação e proposta comercial, para participar do processo ou informar alguma dúvida, algum questionamento e divergências sobre o edital. Mas, ontem, ninguém apareceu. Não sabemos se foi pelo valor alto da obra ou por algum outro motivo”, conta Darlan.

A obra está orçada em R$ 3.660.154,72. Por não ter havido nenhum questionamento sobre o texto do edital, a prefeitura entendeu que pode reabrir o mesmo processo de licitação. Agora, as empresas terão mais 30 dias, até o começo do próximo ano, para se inteirarem sobre o edital e apresentarem as propostas. A expectativa é de que alguma se interesse em realizar a obra, tão aguardada pela comunidade.


FINANCIADA OU COM RECURSOS PRÓPRIOS

Segundo o prefeito Joares Ponticelli, em entrevista ao DS, a obra da passarela de concreto está entre os projetos do financiamento de mais de US$ 40 milhões do Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata). Caso o financiamento seja aprovado, a obra será feita com recursos do Fonplata. Se não for aprovado, o município usará recursos próprios.

O projeto apresentado pela prefeitura foi elaborado pela empresa Iguatemi Consultoria e Serviço de Engenharia Ltda. A travessia de concreto armado protendido terá cerca de quatro metros de largura  – dois metros livres para a ciclofaixa e 1,5 metro livre para os pedestres e cadeirantes. A passarela ficará apoiada sobre quatro pilares, além de dois pilares nas cabeceiras. O novo projeto prevê também a instalação de todo o sistema de iluminação.



Veja tudo sobre: licitação, obras, passarela
 


OUTRAS NOTÍCIAS



GERAL

Trem de Natal leva presente e amor

07/12/2018, 06:00

GERAL

Coleta seletiva em BN começa em janeiro

07/12/2018, 06:00

SEGURANÇA

Motorista foge e carro cai em rio

07/12/2018, 06:00

ESPORTES

Preparador do Peixe fala sobre uso de GPS

07/12/2018, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL