MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

06/12/2018, 06:00

Empresas irão se habilitar hoje para obra da passarela


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 


Será feita hoje a abertura dos envelopes com os documentos de habilitação para a contratação de empresa especializada na construção de uma passarela de concreto, para pedestres e ciclistas, em frente à Unisul.

Caso não haja recurso com impedimentos, as propostas das empresas também poderão ser abertas hoje. De acordo Darlan Mendes, gerente de Gestão da prefeitura, se houver dúvidas, a habilitação será suspensa para análise de documentos.

A passarela fará a ligação entre as avenidas José Acácio Moreira e Marechal Deodoro. A obra está orçada em R$ 3.660.154,72.

Segundo o texto do edital, a obra de concreto armado deverá ser executada dentro de um prazo de 300 dias. A intenção é lançar a ordem de serviço no início de janeiro.

Essa não é a primeira vez que o município tenta encontrar uma alternativa para a ponte pênsil, para que possa atender com mais segurança os pedestres e ciclistas que transitam entre os bairros Dehon e Oficinas.

No primeiro semestre deste ano, a prefeitura cancelou outro processo de licitação para a construção de uma passarela de concreto em frente à Unisul. Em janeiro, o município cancelou o projeto inicial alegando inviabilidades técnicas, que deixariam a obra inexequível e também acrescentariam muito no valor orçado.

Essa situação foi necessária, segundo a prefeitura, por conta das inviabilidades constatadas no projeto da passarela de concreto encomendado pela Amurel junto a um engenheiro civil de Florianópolis. Por isso, na época, a prefeitura decidiu cancelar a licitação, rescindir o contrato com a Delt e refazer o projeto.


RECURSOS PARA A OBRA

O prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, disse que a obra da passarela de concreto continua entre os projetos do financiamento de mais de US$ 40 milhões do Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata). Como a prefeitura aguarda para breve a aprovação do financiamento, a ideia do município foi antecipar o processo licitatório, adiantando também a parte burocrática de uma obra esperada há bastante tempo pela comunidade. “Caso o financiamento seja aprovado, vamos fazer a obra através do Fonplata. Se não for aprovado, vamos construir com recursos próprios. A passarela vai sair do papel, de uma forma ou de outra”, disse Joares. Caso a passagem seja construída com recursos do município, a prefeitura pretende usar os cerca de R$ 700 mil liberados pela Defesa Civil nacional para dar o pontapé inicial à obra.



Veja tudo sobre: passarela, obras
 


OUTRAS NOTÍCIAS



GERAL

Marido faz parto no caminho para a maternidade

06/12/2018, 06:00

DIVERSÃO

“Aquaman” é a estreia de hoje no cinema

06/12/2018, 06:00

SEGURANÇA

Carro colide em poste

06/12/2018, 06:00

ESPORTES

Leão prepara festa para dia do centenário

06/12/2018, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL