MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

04/07/2018, 06:00

Concurso divulga projeto campeão


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 


A prefeitura de Tubarão divulgou o vencedor do concurso “Que Parada é Essa?”. O projeto foi criado para escolher o novo modelo de abrigo de passageiros para os usuários do transporte coletivo do município. Nos últimos meses, os pontos vêm sendo alvos constantes de reclamações por parte dos usuários do transporte coletivo.

O trabalho vencedor foi elaborado pela arquiteta Daniela Accorinte Lopes, de Florianópolis. O projeto prevê a utilização de chapas de alumínio e fechamentos de vidro temperado com cobertura em policarbonato e placas fotovoltaicas. Segundo a comissão julgadora, a proposta da profissional é a mais adequada à realidade local e às necessidades da população de Tubarão.

Entre as soluções apresentadas estão a integração modal com bicicletários, a acessibilidade com demarcação de espaço para cadeirantes, a sinalização em braile e a sonorização para deficientes visuais, além de soluções tecnológicas, como o uso de Wi-Fi para informações de trajetos de ônibus e placas fotovoltaicas para fornecimento de energia e iluminação dos abrigos.

A primeira colocada no concurso será premiada com R$ 6 mil pela Associação Regional de Engenheiros e Arquitetos de Tubarão (Area-TB).

O segundo e o terceiro colocado também receberão premiação em dinheiro. O segundo lugar ficou com o projeto de Igor Tadeu Lombardi de Almeida, também da capital, e o terceiro colocado foi Diego Nogossek da Rocha, de Curitiba.

No próximo dia 18 será realizada a premiação dos três primeiros colocados e de três propostas que receberão menção honrosa. A partir daí, a prefeitura irá planejar de que maneira o modelo escolhido poderá ser adotado na prática.


Reclamações

Alvo frequente de reclamações, os cerca de 250 pontos de ônibus existentes em Tubarão devem demorar para receber alguma melhoria, como o DS publicou na última semana.

A prefeitura pretende viabilizar, ainda para este ano, a construção dos novos pontos por empresas privadas, a partir de lei a ser criada na Câmara de Vereadores. A alternativa seria válida para a contenção de gastos, já que cada ponto custaria, no mínimo, de R$ 3 a R$ 5 mil, segundo a própria prefeitura. A ideia é que essas empresas possam explorar as marcas nos novos pontos de ônibus.



Veja tudo sobre: ponto de ônibus, transporte público
 


OUTRAS NOTÍCIAS



GERAL

Jairo Cascaes será prefeito interino por 10 dias

04/07/2018, 06:00

SEGURANÇA

Homem é preso por porte ilegal de arma

04/07/2018, 06:00

SEGURANÇA

Botijão pega fogo

04/07/2018, 06:00

GERAL

Corrida abre Semana do Soldado em Tubarão

04/07/2018, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL