MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

13/06/2018, 06:00

Artigo: A valorização do empreendedor local


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 

Joares Ponticelli
Prefeito de Tubarão


O crescimento econômico e o desenvolvimento de uma cidade passa, inevitavelmente, pela atuação dos empreendedores da iniciativa privada, mas o Poder Público pode contribuir bastante com esse processo ao desempenhar o papel fundamental de “animador” ou incentivador. É o que temos feito aqui na prefeitura de Tubarão, ao inserirmos, nos últimos meses, as microempresas e empresas de pequeno porte locais na concorrência para fornecer material de expediente e gêneros alimentícios/merenda.

Com o decreto 4208/2018, que regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado de microempresas, empresas de pequeno porte, agricultores familiares, produtores rurais, pessoa física, microempreendedores individuais e sociedades cooperativas de consumo nas contratações públicas de bens, serviços e obras, no âmbito da administração pública municipal, estamos fortalecendo a economia local. A prefeitura compra bens dos empreendedores locais, fazendo com que o dinheiro fique e circule aqui em Tubarão, o que promove desenvolvimento, manutenção e geração de empregos, bem como melhoria da arrecadação tributária. É um ciclo local extremamente vantajoso para todos!

Vejam o quanto de dinheiro fica aqui em Tubarão, com as duas licitações nas quais os empreendedores locais puderam competir, exclusivamente, no fornecimento de produtos com valor total de até
R$ 80 mil. Para gêneros alimentícios/merenda para as escolas, das dez empresas habilitadas, seis eram locais, representando 77,30% das empresas de economia doméstica na concorrência. Esses empreendedores vão fornecer os produtos ao longo do ano, conforme a necessidade da prefeitura, e receberão até R$ 1.787.973,09.

Ainda para a alimentação, fizemos a licitação para a compra de produtos orgânicos junto à agricultura familiar. Nesse caso, a vencedora foi uma cooperativa da qual fazem parte sete agricultores de Tubarão e que participarão dos R$ 797.948,00 que o município pagará. Gente da nossa terra que foi valorizada e sente-se estimulada a continuar trabalhando na zona rural.

Na compra de materiais de expediente, tivemos três empresas locais (91,89% todas ME/EPP locais) na concorrência item por item, o que fará circular na cidade até R$ 1.060.369,31.

Ao praticar esse tipo de licitação que valoriza os pequenos empreendedores locais, a prefeitura de Tubarão engrossa o movimento Compre de SC, lançado pelo governo do Estado para incentivar a população a consumir produtos catarinenses, iniciativa que tem o apoio da Federação dos Municípios Catarinenses (Fecam). O objetivo é ajudar a economia a se recuperar dos prejuízos causados pelos 11 dias de paralisação dos caminhoneiros em todo o país.

Tubarão se antecipou e está fazendo a sua parte na recuperação da economia catarinense. Empreendedores locais fortalecidos colocam seu município e Estado no caminho da prosperidade.



Veja tudo sobre: artigo
 


OUTRAS NOTÍCIAS



DIVERSÃO

Colunista do DS Renata Dal-Bó lança livro

13/06/2018, 06:00

GERAL

37 ruas de BN serão pavimentadas

13/06/2018, 06:00

GERAL

Dia do Médico: carreira bonita, mas que exige sacrifícios

13/06/2018, 06:00

GERAL

Carro capota na 101

13/06/2018, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL