MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

16/04/2018, 06:00

Projeto desenvolvido em Gravatal mostra a importância de se resgatar valores


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 


Mostrar aos estudantes que ao despertar o amor que existe em cada pessoa se inicia um processo de transformação da realidade social é o objetivo do Projeto Pedagógico da escola Geraldina Maria Tavares, em parceria com a Cooperativa de Eletricidade de Gravatal (Cergral), com a palestra “O que o amor exige”. O projeto contempla três palestras, beneficiando 169 alunos.
No espaço escolar é cada vez mais comum se perceber a indisciplina, a violência, a falta de respeito e o amor ao próximo. Segundo a diretora, Jaçanan dos Santos Neves Cardoso, a transmissão de valores morais, que outrora era delegada às famílias, hoje precisa ser retomada no âmbito escolar como prática constante, abordando afetividade, solidariedade, regras morais e de convivência. Segundo ela, praticar gestos de gentileza, com coisas simples, como dar bom dia, dizer obrigado e pedir desculpas, além de saber ouvir e esperar, estão sendo esquecidas e precisam ser resgatadas e cultivadas em casa e na escola.
A palestra também aborda a necessidade de recordar aos alunos a importância de resgatar os valores, para que tenham boa interação com as pessoas e com o mundo, aprendendo a viver com a diversidade e a se colocar no lugar do outro.
É dentro deste contexto que a palestra “O que o amor exige”, com Júlio Zamparetti, pretende repassar aos alunos a adoção de atitudes de cooperação e repúdio às injustiças. O resultado esperado, além de estimular o trabalho didático e o diálogo, é oferecer o empoderamento de uma nova consciência sobre a importância de aprender a praticar e a refletir sobre as ações diárias de cada um.
Para o presidente da Cergral, João Vânio Cardoso Mendonça, a parceria com a escola Maria Geraldina Tavares torna-se de fundamental importância, para um processo educacional que extrapole a grade curricular e passe a oferecer um trabalho de conscientização sobre as ações de cada um, envolvendo também os professores e, especialmente, as famílias de cada aluno. Segundo ele, o processo de educação é uma ação conjunta da escola, da família e da comunidade, e não pode ser uma ação isolada.



Veja tudo sobre: projeto, gravatal, cergral
 


OUTRAS NOTÍCIAS



DIVERSÃO

Colunista lança livro de crônicas

16/04/2018, 06:00

SEGURANÇA

GM de Laguna tem nova comandante

16/04/2018, 06:00

GERAL

Imbituba vai ganhar 19 abrigos de passageiros

16/04/2018, 06:00

GERAL

Ato em Tubarão pede intervenção militar

16/04/2018, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL