MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

01/11/2017, 06:00

Congresso homenageia Cancellier


Micheline Zim 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 


Créditos: Cirilo Benites/DS

O  tubaronense Luiz Carlos Cancelier de Olivo, ex-reitor da Ufsc  falecido recentemente, recebeu mais uma homenagem. Desta vez, uma sessão solene no Congresso Nacional mobilizou parlamentares e demais presentes, que não só enalteceram os trabalhos do ex-reitor como manifestaram-se a respeito da sua prisão e, consequentemente, da sua morte.

Para o senador Jorge Viana (PT–AC), o ex-reitor foi vítima de uma “ação espetaculosa” em nome de um falso moralismo de combate à corrupção. Já para a senadora Fátima Bezerra (PT–RN), o suicídio de Luiz Carlos Cancellier deixou em todos um forte sentimento de indignação.

O desembargador tubaronense e amigo pessoal de Luiz Carlos Cancellier, Lédio Rosa de Andrade, participou da sessão solene no Plenário do Senado e fez seu discurso em favor, principalmente, da democracia e sobre a história de luta profissional e ideológica do ex-reitor.

Segundo ele, esta foi uma sessão histórica e que ganhou dimensão nacional, não só pelo ex-reitor e sua prisão, considerada por muitos arbitrária, mas por conta de todas as vítimas da truculência e prisões ilegais. “Acima de tudo foi uma manifestação para restabelecer a democracia. Esta é a hora, para que se evite outras situações como esta”, comenta Lédio.

O irmão de Luiz Carlos Cancellier de Olivo, Júlio, não participou da sessão em Brasília, mas disse estar muito emocionado com mais esta manifestação de apoio à memória do irmão. “Cau tinha uma história de luta pelo direito. Toda sua vida pessoal e profissional foi pautada nesta área. Sua prisão foi arbitrária e o levou à morte”, comenta.

O irmão do ex-reitor reforça o apoio que sua família vem recebendo de pessoas de todo o país, como esta sessão solene em Brasília. “Estas manifestações nos confortam”, pondera. O presidente da Câmara de Vereadores de Tubarão, Pepê Collaço, também participou da sessão.

Lei Cancellier

Júlio Cancellier, irmão do ex-reitor, afirma que ninguém nunca questionou as investigações, mas a forma como elas ocorreram e que culminaram na prisão do ex-reitor. “Somos a favor de que as investigações aconteçam e que deve ser feita a justiça, mas de forma não abusiva. Tanto que já está no Senado a Lei Cancellier, que deverá ser encaminhada à Câmara de Deputados para continuidade dos trâmites. Através dela, pretende-se evitar que novos casos de prisões arbitrárias e o abuso de poder aconteçam”, destaca Júlio.



Veja tudo sobre: luiz cancellier, reitor
 


OUTRAS NOTÍCIAS



SEGURANÇA

Uma pessoa morre em acidente

01/11/2017, 06:00

ESPORTES

Peixe recebe dirigente do River Plate

01/11/2017, 06:00

SEGURANÇA

Carro pega fogo após colidir

01/11/2017, 06:00

SEGURANÇA

Mulher é presa com drogas

01/11/2017, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL