MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

04/10/2014, 06:00

Ataques: PMs de férias são recrutados para o trabalho


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 

Daiane Fernandes
policia@diariodosul.com.br

Passada uma semana após o início dos ataques criminosos que vêm assolando Santa Catarina, Tubarão registrou, na madrugada de sexta-feira, o primeiro ataque. Um carro de um policial militar teria sido o alvo, quando criminosos teriam tentado atear fogo no veículo. Diante da situação, a Polícia Militar (PM) recruta os profissionais da segurança que estão de férias e licença, bem como suspendeu o benefício até segunda ordem.

A medida, de acordo com o comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Tubarão, tenente-coronel Giovani Livramento, foi uma decisão tomada para unir forças. “Queremos garantir a segurança da população e, para isso, vamos seguir com nosso efetivo completo”, fala o comandante. A medida é apenas uma das tantas que estão sendo colocadas em andamento na Cidade Azul.
O primeiro ataque registrado em Tubarão teria ocorrido na madrugada de sexta-feira, quando, por volta das 2h40 em Tubarão, no bairro Fábio Silva, um veículo teria sido alvo de uma tentativa de incêndio. O carro, um Fiat Uno, seria de um policial militar que estaria trabalhando em Braço do Norte.
De acordo com informações do setor de comunicação da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), o carro estaria estacionado na rua Ivonete Marques Demétrio, quando uma motocicleta teria passado pelo local em alta velocidade. Logo após, o policial teria percebido que o veículo estava em chamas. O fogo afetou a parte dianteira do veículo, que foi controlado pelos policiais e pelo Corpo de Bombeiros. Segundo informações, o PM não estaria próximo ao carro quando o ataque ocorreu.

Viatura é atingida por tiros

O segundo ataque foi registrado em Tubarão na noite de sexta-feira. Uma viatura da Guarda Municipal que estava estacionada em frente ao albergue, no bairro São João, foi atingida por tiros de pistola 9mm. Os disparos foram efetuados por dois homens em uma motocicleta. Ninguém ficou ferido e os criminosos não tinham sido encontrados até o fechamento desta edição. Coincidentemente, nos ataques registrados no início do ano passado, outra viatura da Guarda foi alvo no mesmo local. O primeiro veículo foi incendiado. Os bandidos espalharam gasolina por toda a lataria e motor do veículo, depois colocaram fogo.

Outras cidades são alvo de ataque pela primeira vez

Além de Tubarão, a quarta onda de atentados no Estado, que completou uma semana na sexta-feira, teve sua primeira ocorrência na Serra catarinense e em São Bento do Sul. O complexo onde funciona a 3ª Delegacia de Polícia, a base da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de Lages foi atingido por 10 tiros na madrugada de sexta, por volta das 5h15.
O incidente foi um dos últimos registrados na madrugada desta sexta-feira, quando a quarta onda de atentados em Santa Catarina completou uma semana e chegou a mais de 60 ocorrências. A cidade de São Bento do Sul, no Planalto Norte, também registrou o primeiro atentado na madrugada de sexta-feira. Por volta de 0h30, um ônibus estacionado em uma garagem foi parcialmente incendiado.
De acordo com a Polícia Militar, homens teriam jogado gasolina no veículo, que pertence a uma empresa de turismo. O incêndio foi combatido pelas guarnições da PM e bombeiros. Próximo ao ônibus foi encontrado coquetel molotov.



 


OUTRAS NOTÍCIAS



GERAL

Modelo de Orleans é destaque internacional

04/10/2014, 06:00

DA REDAÇÃO

Avaí anuncia Jonny Mosquera

04/10/2014, 06:00

GERAL

Voos são cancelados em Jaguaruna

04/10/2014, 06:00

GERAL

MPF diz que casas estão em local irregular

04/10/2014, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL