MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

07/02/2014, 06:00

Saúde volta ao debate na Câmara


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 


A  segunda sessão ordinária do Legislativo de Tubarão no ano de 2014 teve a presença do prefeito Olavio Falchetti e de seu secretariado. Embora o tom tenha sido mais ameno do que na sessão anterior, na qual foram feitas severas críticas - especialmente em relação à saúde -, alguns vereadores voltaram a cobrar soluções para problemas neste setor.

O prefeito Olavio Fachetti fez uso da palavra para agradecer à Câmara pelas críticas e sugestões e ressaltou o desejo de um trabalho em conjunto, independentemente de partidos. Pouco tempo depois, o prefeito se retirou da sessão, acompanhado de muitos dos secretários presentes, alegando um compromisso.
Ao sair, Olavio falou com a imprensa e foi questionado sobre os problemas no setor da saúde que a cidade enfrenta. “Estamos tendo problemas, sim, mas estamos fazendo reformas e mudanças que não vão resolver a totalidade do problema, mas vão contribuir muito”, disse. O prefeito garantiu que 85% dos medicamentos distribuídos através do SUS estão sendo oferecidos.
O diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde, Marco Antônio dos Santos, permaneceu na sessão e sofreu severas críticas.
O vereador Neno da Farmácia fez um requerimento solicitando justificativa e soluções para a falta de médico no posto de saúde do Morrotes, há quatro meses.
O vereador Evandro Almeida deu destaque ao requerimento de Neno, salientando que recebe cobranças e reclamações diárias sobre a saúde em Tubarão, e que já enviou ao diretor-presidente da Fundação de Saúde a sugestão de fazer um rodízio no posto do Morrotes, para que a população do bairro conte com um médico.
Ao falar à imprensa, Evandro afirmou que o presidente da Fundação de Saúde teria demonstrado que suas reclamações sobre a saúde não estavam corretas. “O secretário ficou balançando a cabeça enquanto eu falava na tribuna, como se estivesse dizendo que minhas reclamações não eram pertinentes. Ele não deve ter conhecimento algum sobre o que está ocorrendo na cidade, pois temos problemas gravíssimos”, afirmou.



 


OUTRAS NOTÍCIAS



ESPORTES

Judocas de TB participam de Campeonato Estadual

07/02/2014, 06:00

GERAL

Fórum encaminhará ofício contra projeto

07/02/2014, 06:00

DIVERSÃO

Unisul apresenta Café com Amor e Canção

07/02/2014, 06:00

SEGURANÇA

Agente da PM salva bebê engasgado

07/02/2014, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL