MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

03/08/2013, 06:00

Prefeituras podem ser penalizadas


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 

O Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC) constatou que 62 prefeituras catarinenses estão em atraso com a remessa de dados e informações referentes ao 2° bimestre de 2013. Entre os municípios estão Armazém, Gravatal, Jaguaruna, Laguna e Tubarão.
As prefeituras em atraso, que pleiteiam operações de crédito junto a instituições financeiras, correm o risco de não obter financiamentos, bem como responsabilizar os gestores. O Tribunal de Contas necessita dos dados bimestrais para expedir a certidão que atesta o cumprimento das exigências previstas na Resolução 43/2001, do Senado Federal, para realização de operações dessa natureza, e no Decreto Estadual nº 307/2003 — que disciplina a celebração de convênios -, em conformidade com a Lei de Responsabilidade Fiscal.
A certidão expedida pelo TCE é documento indispensável nos processos que tratam de pedidos de autorização para a realização de operações de crédito, encaminhados ao Ministério da Fazenda.
Segundo o levantamento da Diretoria de Controle dos Municípios (DMU), as 62 prefeituras estão com a remessa das informações pendente junto ao Sistema de Fiscalização Integrada de Gestão (e-Sfinge) desde o dia 5 de junho - prazo final para o cadastramento e envio dos informes de março e abril/2013.
A partir do envio, a cada bimestre, de informações relacionadas ao planejamento municipal, execução orçamentária, contabilidade, atos jurídicos e de pessoal, o sistema do TCE/SC gera um balancete contábil. O e-Sfinge devolve, automaticamente, esse documento para conferência e assinatura eletrônica com certificado digital, pelo gestor - o prefeito, no caso dos Executivos municipais - e pelo contador da unidade fiscalizada.
Conforme a secretaria de Gestão de Tubarão, o atraso no envio das informações ocorreu devido a uma inconsistência no sistema. “Cientes da situação, os contadores da prefeitura estiveram reunidos há algumas semanas com os técnicos do TCE para buscar uma solução. O problema foi resolvido durante a tarde desta sexta-feira. Desta forma, foi possível encaminhar os dados contábeis referentes ao segundo bimestre. O TCE já confirmou o recebimento dos dados, enviados no Protocolo 20.141, de 2 de agosto de 2013”, afirma a secretaria.
Em Laguna, de acordo com o responsável pelo controle interno da prefeitura, Thiago da Luz Rosa, o documento será encaminhado na próxima semana. “Houve problemas no recolhimento de dados, chamado de inconsistência. Os departamentos estão corrigindo os dados no sistema”, declarou.



 


OUTRAS NOTÍCIAS



ESPORTES

Hercílio avalia participação na Copa SC

03/08/2013, 06:00

ESPORTES

Conquista além da vitória

03/08/2013, 06:00

GERAL

Prefeito e vereadores realizam reuniões semanais em São Ludgero

03/08/2013, 06:00

ESPORTES

Inscrições abertas para a Corrida do Bem

03/08/2013, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL