MENU

NOTÍCIAS


TODAS | EDIÇÃO DE HOJE | DA REDAÇÃO | DIVERSÃO | ESPORTES | GERAL | POLÍTICA | SEGURANÇA

07/06/2013, 06:00

R$ 21 bi para agricultura


 
redacao@diariodosul.com.br
Dê a sua opinião
Comentários ou sugestões
Envie esta
notícia por e-mail
 

O governo federal anunciou R$ 21 bilhões de crédito para agricultura familiar, valor 16% maior do que o ofertado na safra 2012/2013. O crédito será disponibilizado para financiar a produção de pequenos agricultores, por meio do Plano Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). A presidente Dilma Rousseff e o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, fizeram o anúncio.
Para a região do Vale de Braço do Norte, a medida deve beneficiar os produtores locais, que terão mais crédito disponível para financiar a produção e para investimentos. Conforme o gerente de agricultura da Secretaria Regional de Desenvolvimento de Braço do Norte, Marcos Antônio Pereira de Souza, o aumento do montante disponibilizado vai impactar os produtores da região porque facilita o acesso. “O que ocorre é que mais agricultores poderão obter o benefício. Possivelmente, quem não conseguiu no ano passado terá mais facilidade este ano”, pontua.
Nos ano passado, produtores dos sete municípios abrangidos pelo SDR Braço do Norte – Armazém, Braço do Norte, Grão-Pará, Rio Fortuna, Santa Rosa de Lima, São Martinho e São Ludgero - retiraram cerca de R$ 2 milhões através do Pronaf.
Na safra de 2012/2013 foram oferecidos R$ 18 bilhões para a agricultura familiar. De acordo com o ministro Pepe Vargas, os juros dos créditos para a atual safra caíram em relação à safra passada. Para investimento, a taxa anual vai variar de 0,5% a 2% e, para custeio, de 1,5% a 3,5%. No ano passado, os juros para todas as linhas de financiamento eram de até 4%.
Uma das novidades anunciadas pelo ministro foi a ampliação do limite para agricultores que queiram se enquadrar no Pronaf. Agora, famílias com renda de até R$ 360 no último ano poderão ingressar no plano. O limite de financiamento para custeio saltou de R$ 80 mil para R$ 100 mil e, para investimento, de R$ 130 mil para R$ 150 mil. Os limites para as atividades de suinocultura, avicultura e fruticultura passaram para R$ 300 mil.



 


OUTRAS NOTÍCIAS



ESPORTES

Judocas de TB participam de Campeonato Estadual

07/06/2013, 06:00

GERAL

Voos regionais estão em negociação para Jaguaruna

07/06/2013, 06:00

GERAL

Inicia pavimentação asfáltica na estrada geral Nova Estrela, em São Ludgero

07/06/2013, 06:00

DIVERSÃO

Unisul apresenta Café com Amor e Canção

07/06/2013, 06:00







MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL