02/05/2019, 06:00

Droga apreendida vinha para o Litoral


Originária do Paraguai, a carga de 5,3 toneladas de maconha apreendida pelas polícias Civil e Rodoviária Federal, na terça-feira, foi a maior apreensão de drogas em 2019 em Santa Catarina. O flagrante ocorreu na BR-282, em Rancho Queimado, na Grande Florianópolis.

Deflagrada após seis meses de investigação da Divisão de Repressão a Entorpecentes (DRE), a operação apreendeu maconha produzida no Paraguai, e que tinha como destino cidades do Litoral catarinense.

Duas pessoas foram presas em flagrante: o motorista da carreta onde estava a droga e um homem que dirigia um carro e atuaria como batedor do caminhoneiro. Em depoimento à polícia, o motorista da carreta bitrem, com placas do município de Bom Jesus, no Oeste catarinense, revelou ter recebido R$ 5 mil para trazer a maconha de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, até Santa Catarina. O carregamento apreendido pela Polícia Civil e PRF poderia render, nas ruas, quase R$ 7 milhões.



Veja tudo sobre: apreensão, drogas, prf