01/03/2019, 06:00

Assessor de deputado tem salário reduzido


O deputado estadual Felipe Estevão (PSL) está novamente envolvido em polêmicas. Depois de uma declaração de sua esposa nas redes sociais – a respeito de uma possível contratação no gabinete do deputado federal Daniel Freitas (PSL), agora foi a vez de um de seus assessores, Rodnei Goulart de Souza, protagonizar uma nova situação.

Recentemente, vazou nas redes sociais um áudio no qual Rodnei, que é empresário em Tubarão, reclamava do salário de R$ 17 mil. No áudio, ele diz que sua despesa não é pouca.

“O carro é meu, não tenho verba de gabinete pra gastar com combustível, tive que alugar um apartamento em Florianópolis, tenho que viajar direto para onde o deputado me pede para ir, já que sou responsável pela liderança regional. E ainda tem o desconto do imposto de renda e a prestação de roupas, já que tive que comprar três ternos de uma vez porque temos que andar bem vestidos”, diz no áudio.

“Ainda tem almoço em restaurante todo dia, porque não podemos, por exemplo, levar um prefeito para almoçar num boteco. Se for colocar na ponta do lápis, destes R$ 17 mil não sobram nem R$ 3 mil. Isso é salário?”, pontua Rodnei.

De acordo com a assessoria do deputado Felipe Estevão, no momento está sendo estudado o que será feito a partir de agora quanto ao futuro de Rodnei, que passa pela possibilidade de uma exoneração. Além disso, a assessoria afirma que o salário dele já foi reduzido em aproximadamente 50%.

“O deputado afirma que foi, sim, uma declaração muito infeliz, que não condiz  com o sentimento que ele prega. O espírito do nosso grupo é prestar um trabalho à população”, disse a assessoria.

“Mas mesmo com esta declaração, não podemos negar o comprometimento e a competência de Rodnei. Ele é um empresário de sucesso, com bons trabalhos prestados, e tem um amplo conhecimento da região. Além disso, é uma excelente pessoa. Por isso, estamos vendo o que vamos fazer, para que tudo saia sem prejuízos para ninguém. Entre as ações está a exoneração, mas nada ainda foi decidido”, disse Felipe Estevão através de sua assessoria.

O DS procurou o assessor Rodnei Goulart de Souza, mas ele não atendeu as ligações, nem retornou.



Veja tudo sobre: deputado, salário, psl, política