Etiqueta

ESTELA MAURA




Sábado, 10/08/2019, às 06:00

Conexão ética e consulcoaching

Ser autenticamente elegante é ter equilíbrio e bom senso, com boa dose de simpatia e descontração. É saber se portar de maneira correta, dialogar e se expressar através de gestuais e discursos coerentes com a situação, reconhecendo rapidamente o momento para se manifestar ou silenciar.

Uma pessoa elegante é atraída pela sede do saber, é humilde na medida certa, reconhece seus limites, sabe se posicionar, se interessa por diversos assuntos e culturas sem abrir mão dos próprios valores.

São pessoas que se preocupam, sim, com regras de etiqueta, porém, mais do que decorar manuais de boas maneiras, investem em uma boa comunicação pessoal. Porque, para se conectar com pessoas, não basta ter boa dicção e um volume adequado de voz. São muitas sutilezas que compõem um comportamento elegante e uma comunicação pessoal efetiva. Sorrir, receber bem, agradecer e oferecer ajuda fazem de uma pessoa elegante, alguém agradável, empática, e que faz a diferença em seu meio.

Penso que buscar crescer interiormente e se desenvolver como ser humano é para os fortes, pois achar que nada precisa ser mudado na convivência diária é uma visão um pouco acomodada, em especial quando o assunto é comportamento integral. Afinal, sair da zona de conforto é sempre exigente, e enfrentar um processo de crescimento pessoal não é algo mágico e imediato. Ao contrário, é necessário determinação, comprometimento, interesse autêntico e acompanhamento de um profissional preparado. O primeiro passo para esta mudança é aceitar os próprios limites, entender as reais necessidades e estar aberto a uma transformação.

A elegância do comportamento é um dom que vai muito além do uso correto dos talheres ou de ornamentar mesas suntuosas. É algo bem mais complexo do que dizer ‘obrigado’ diante de uma gentileza. Na verdade, são atitudes que se manifestam nas ocasiões mais simples, quando não há festa alguma, nem registros de fotos para redes sociais. É o exercício das normas de boa convivência no cotidiano, naturalmente.

Um dos caminhos para quem deseja ter mais autoconfiança e boa desenvoltura diante de um círculo de amizades ou equipe de trabalho, com atitudes adequadas e sensatas, é buscar informações e treinamentos dentro deste âmbito. Um especial caminho é o de harmonizar conhecimento, autocontrole, comunicação pessoal e autossuperação, através de treinamentos personalizados. É o que chamo de Consulcoaching. Um método exclusivo que associa o coaching à consultoria, com técnicas particulares para quem deseja se conhecer mais e melhor e objetiva ter bons resultados em seu convívio profissional e pessoal. Para quem tem interesse neste assunto, quer ativar suas competências socioemocionais e deseja se comunicar melhor, fica o convite para acessar meu perfil, Conexão Ética, um espaço de interação e dicas de desenvolvimento pessoal, tanto no Facebook como no Instagram.