Esporte

EDUARDO VENTURA




Sexta-feira, 14/06/2019, às 06:00

Saídas confirmadas

O clube oficializou ontem no fim da manhã, via redes sociais, a saída do treinador Luizinho Vieira, do seu auxiliar Tanaka, e do gerente de futebol Júlio Rondinelli. A saída deles já era prevista, ainda mais pelo tom da entrevista que concedeu o presidente do clube, Luiz Henrique Martins Ribeiro, na última segunda-feira. Luizinho penso que pagou uma conta que não era dele, sendo criticado pela torcida desde que iniciou a Série D, mesmo tendo trabalhado arduamente para que o clube não caísse para a Série B. O feito foi alcançado, mas o exigente torcedor não poupou até o comandante que salvou a nau do naufrágio. Já a permanência de Rondinelli era insustentável, pela forte cobrança de 99% da torcida. Nem tudo sai como planejado, penso que ele não foi culpado 100% de muitas coisas ruins que aconteceram.

FIM DE UM CICLO
Júlio Rondinelli encerra um ciclo, mas com resultados expressivos no Tubarão. Em seu primeiro ano de trabalho, conquistou o título da Copa SC, o terceiro lugar no Campeonato Catarinense, e costurou a vinda de Waguinho Dias para o Peixe. Alguns jogadores que ele trouxe para o clube, no caso do lateral Borges, rendem e renderão um retorno financeiro para o Tubarão. Mas como o futebol é resultado, e nem tudo são flores, Júlio acabou sofrendo ataques, por não ter ido bem, de acordo com a torcida, em seu segundo ano de trabalho. Por conta disso, o profissional vai para o sacrifício, chateado por não ter feito mais e melhor, e ele manteve a sua palavra quando do assédio do Criciúma. Infelizmente, o dirigente não joga, fica à beira do gramado, torcendo para que seus contratados possam alcançar o proposto na assinatura do contrato.

DESPORTO EDUCACIONAL
A segunda reunião da Frente Parlamentar do Esporte tratou, na manhã de ontem, do desporto educacional em Santa Catarina. O evento, que reuniu na Assembleia Legislativa entidades da sociedade civil organizada e gestores ligados ao setor, celebrou a união de esforços da secretaria de Estado da Educação e da Fesporte para ampliar e fortalecer o tema na rede pública de ensino.

INCENTIVO ESCOLAR
Rui Godinho, presidente da Fesporte, revelou que o governo do Estado sabe que precisa mudar a situação. De acordo com ele, a secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte investiu, entre 2010 e 2017, quase R$ 50 milhões no esporte de alto rendimento, e no desporto escolar, R$ 2,5 milhões. “A Fesporte e a secretaria de Educação estão elaborando coisas que vão mudar o desporto escolar. Posso adiantar que vamos trabalhar com as horas de treinamento nas escolas. Não podemos deixar de oportunizar o alto rendimento escolar, buscando talentos nas escolas”.

REGIONAL DE ESCOLINHAS DA LIF  
No último sábado, dia 8, foi disputada a partida que completava a 1ª rodada do Campeonato Regional de Categorias de Base da LIF, em Palhoça, e o Manchister venceu o Real Ferraz nas duas categorias que entraram em campo. Na categoria mirim, para atletas dos 11 aos 13 anos, o Manchister goleou o Real Ferraz por 4 a 0. Thomaz marcou duas vezes, Heron e Ryan marcaram os gols dos palhocenses. Na categoria infantil, para atletas dos 13 aos 15 anos, o Manchister venceu por 3 a 0 o Real Ferraz. Tiago marcou duas vezes, e Leonardo anotou os tentos do Manchister.

RODADA CONFIRMADA  
A 2ª rodada do Regional de Categorias de Base da LIF será disputada neste  sábado, com dois confrontos. O Gramense/Arroio recebe o Manchister, no Estádio Lício Frontino de Souza, na Grama, em Garopaba. Também em Garopaba, mas na Arena Ferraz, o Real Ferraz recebe o AC Imbituba. As partidas iniciam às 9h.