Geral

ARILTON BARREIROS




Terça-feira, 08/01/2019, às 06:00

Queremos respostas

A morte do jornalista Clóvis William dos Santos, de 44 anos, conhecido como Mukirana, mostra que a violência não toma conta apenas de grandes cidades do Brasil. Basta um pequeno levantamento para vermos que o número de homicídios cresce de forma assustadora em toda a Amurel, e que Laguna se destaca nesta questão. Mukirana foi encontrado na Praia do Gi com lesões no rosto e marcas no corpo. Sua caminhonete Duster, até o fechamento desta coluna, ainda estava desaparecida. Homem pacato, profissional que gostava de lidar com TV, rádio e jornal, sua morte não poderá ser esquecida. As autoridades precisam nos dar respostas pelo que vem ocorrendo na região. O comércio de drogas cresce sem parar, e está cada vez mais difícil para o cidadão sair de casa sem ter medo. Os governos que elegemos precisam ser rápidos em suas ações para que amanhã nós não sejamos as vítimas. A impunidade não pode mais continuar.


Entrelinhas

Algumas indicações ocorreram no governo de Carlos Moisés sem muita ênfase. O jornalista Jefferson Douglas da Silva foi nomeado diretor de imprensa. O ex-secretário de comunicação do governo passado, Gonzalo Pereira, passa a atuar como consultor geral do gabinete do governador, e os jornalistas Lúcia Helena Vieira e James Tavares continuam em seus cargos.

Haverá Uma doação extra no valor de R$ 33.357,56 à Apae e Rede Feminina de Combate ao Câncer de São Ludgero, além dos repasses que vinham sendo feitos a várias entidades, mensalmente, que totalizaram R$ 198 mil. Essa é a boa notícia no fechamento do ano, oficializada pelo conselho administrativo da Cegero, cooperativa de eletricidade de São Ludgero.

O plano da Celesc é investir, neste ano, R$ 593 milhões, valor 9,65% superior ao de 2018. Do montante, R$ 531 milhões seriam para projetos da Celesc Distribuição, e R$ 55,6 milhões para a Celesc Geração. O novo presidente da empresa, já aprovado pelo conselho de administração, é o engenheiro Cleicio Poleto Martins.

Proprietários de veículos emplacados em Santa Catarina irão pagar, em média, 3,3% a menos de IPVA. O índice representa a desvalorização dos veículos em relação a 2018, de acordo com a tabela da FIP utilizada pela secretaria de Estado da Fazenda como base de cálculo. No Estado, o IPVA varia entre 1% e 2% do valor venal do veículo.

Prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, pretende contar com o servidor de carreira do município, advogado Cássio Medeiros, no primeiro escalão. A conversa já foi feita, e Cássio ficou de dar uma resposta, pois, na fase profissional em que se encontra, uma mudança mais radical teria que ser bem pensada.

O desligamento do araranguaense Tiago Sabe da presidência da Santur, a seu pedido, foi o assunto político no final de semana depois que várias lideranças do PSL, entre elas o deputado Jessé Lopes, cobraram do governador Carlos Moisés uma posição pelo fato de seu indicado ter sido contra o presidente Bolsonaro durante a campanha. Os dois erraram: o governador, por não se informar sobre quem indicou; e Tiago, porque era “anti-Bolsonaro” e aceitou o cargo.