MENU

COLUNISTAS


Variedades

JOSÉ WARMUTH




 
 

Sexta-feira, 12/01/2018, às 06:00

Uma comovente imagem

Visitava eu o depósito de locomotivas a vapor pertencentes ao Museu Ferroviário de Tubarão. Fica ele ao ar livre e ali estão algumas das vetustas “marias-fumaças” que, ao longo de cem anos, prestaram inestimável serviço transportando as gentes e as riquezas do Sul de Santa Catarina.

Representam elas um autêntico tesouro arqueológico dos meios de transporte, que infelizmente está exposto às intempéries por falta de um abrigo condigno que as defenda da inexorável degradação.

Foi quando, ao passar por uma poderosa Texas, a maior locomotiva a vapor já fabricada para a bitola de um metro (afastamento entre os dois trilhos), vi, solitária em sua fuselagem, uma linda flor de delicada cor azul.

Surpreso fiquei ao constatar e a imaginar como a semente daquela mimosa flor fora parar em tão agreste local e como conseguiu florescer, certamente em um diminuto acúmulo de terra trazido pelo vento.

Mas lá estava ela, garbosa e viçosa, formando um surpreendente contraste com um gigante de ferro negro massivo, com sua sorridente presença.

Afastei-me com minh’alma encantada por aquela tão contundente visão.

Teria tal perfumosa flor ali chegado para consolar e alegrar aquela máquina que, anos atrás, percorria as pradarias lindamente adornadas com exuberantes flores silvestres?




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL