MENU

COLUNISTAS


Esporte

CARLOS AUGUSTO SALVADOR




 
 

Terça-feira, 07/05/2019, às 06:00

Bom início

A vitória no último domingo sobre o Tupi/MG deu esperanças ao torcedor do Hercílio Luz, não só pela liderança inicial num grupo que promete ser complicado, nem pela obrigação dos três pontos em casa, mas, principalmente, pela consistência e atuação do time. Quem foi ao estádio ou assistiu pelo streaming teve a sensação de que caberia mais. O time nem de longe parecia aquele que foi rebaixado no Estadual. O técnico Júlio César Nunes conseguiu nas últimas semanas de treinamento dar um padrão que o clube ainda não teve em 2019. O próximo desafio é na sexta-feira, em Novo Horizonte/SP, contra o time da casa, que em nada lembra o time que ficou entre os oito no Campeonato Paulista. Dá para trazer três pontos.

Início complicado
Do outro lado do trilho, a palavra é preocupação. Quem assistiu ao jogo por streaming viu um time apático, sem padrão, e que foi dominado pelo Cianorte. A preocupação dos torcedores do Peixe é a impressão de que pouco mudou do time do Estadual para o time da Série D. O grupo é dos mais difíceis, e a vitória no próximo domingo contra o forte Caxias torna-se fundamental antes dos dois jogos importantes contra o favorito do grupo, o São Caetano.

Futebol Raiz
A Série D é o que mais existe de futebol alternativo no país. Foram 30 jogos no fim de semana, com 76 gols, uma média de 2,53 gols por jogo. Mas nem só de bola na rede vive a última divisão nacional. O jogo entre Maringá/PR x Avenida/RS estava marcado para as 17h30 de sábado, porém o trio de arbitragem só chegou à cidade às 18h, acreditando que o jogo seria no domingo. A bola rolou às 19h30. Já no Mato Grosso, o time do Palmas/TO não se atentou ao fuso horário entre os dois estados, e chegou atrasado. Os jogadores precisaram trocar de roupa e aquecer no ônibus, saindo dele direto para o gramado, tanto que o hino nacional tocou apenas com o Corumbaense/MT no gramado.

Show na bola pesada
Surpreendendo todo mundo, o Tubarão Futsal segue como único time 100% na Liga Futsal. A vítima da vez foi o Atlântico, de Erechim, que sucumbiu na Cidade Azul pelo placar de 2 x 1. O Peixe vem surpreendendo os adversários, a torcida e a imprensa nacional, que está cada vez mais curiosa em saber como o bom trabalho vem sendo executado na Cidade Azul. A partida de sábado teve transmissão do Sportv, o que pode se tornar cada vez mais comum com a boa campanha do clube.

Brasileirão valorizado
Como faz bem o fim do monopólio! Com a TNT fazendo uma cobertura fantástica do BR19, o Sportv se vê em desconforto nas transmissões e na audiência. Até agora, em três rodadas, a TNT bateu o Sportv no horário de transmissão nas três vezes (apenas em um competindo com jogo de Série A). Conforme prometido pela emissora da Turner, a cobertura está sendo diferente, padrão Champions. Pré-jogo à beira do campo, comentarista na cabine e atrás do gol, repórteres in loco, entrevistas exclusivas, tudo ótimo. Que isso valorize ainda mais nosso campeonato.




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL