MENU

COLUNISTAS


Política

MILTON ALVES




 
 

Terça-feira, 09/07/2019, às 06:00

Concurso na área da saúde

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde de Tubarão, Daisson Trevisol, revelou em primeira mão no “Notícias da Cidade”, de ontem, que a sua fundação está autorizada pela administração municipal a preparar um concurso público para ingresso de profissionais da saúde em várias vagas, que hoje são ocupadas por admitidos em caráter temporário, os conhecidos ACTs. As vagas vão desde auxiliares de enfermagem a médicos de diversas especialidades, passando também por odontólogos e enfermeiros. Só no quesito médico deverão ser abertas aproximadamente 30 vagas para ingresso definitivo.

O Termo de Ajuste de Conduta
Na entrevista concedida a este colunista e ao colega Nilton Veronesi na Cidade FM 103.7, Daisson afirmou que a iniciativa segue orientação do Ministério Público de Santa Catarina, que, através de um termo de ajuste de conduta assinado com a prefeitura, condicionou o ingresso de novos profissionais na Fundação Municipal de Saúde à realização de um concurso público. Como já existe uma defasagem de efetivos bastante significativa, e diante da impossibilidade de contratar mais profissionais em caráter temporário, a administração resolveu, então, optar pelo certame.

Em breve
Mesmo sem especificar quando será anunciado, o diretor-presidente da FMS garantiu que não demora muito para ser lançado o edital. Estudos estão sendo feitos no sentido de levantar o número de vagas a serem oferecidas em cada categoria profissional, faixa salarial, exigências e formato do concurso. O procedimento de realização deve ser entregue a uma instituição especializada, também ainda não definida. A ideia é aproveitar de imediato os novos profissionais aprovados naquelas vagas já existentes, e, aos poucos, irem sendo substituídos por concursados os ACTs cujos contratos forem sendo encerrados.

Mais asfalto 
Não tem a tal “inveja boa”? Pois então. Confesso que quando recebo algum material informativo da prefeitura de São Ludgero, sobre asfaltamento de estradas, é isso que sinto. Além de ser um dos únicos municípios brasileiros com 100% de esgoto cloacal tratado, tanto na área urbana quanto rural, essa pequena joia do Sul de Santa Catarina avança cada vez mais para um outro marco: o de poder ter um dia - quem sabe - todas as suas estradas pavimentadas. É um sonho ainda distante? Óbvio que sim, mas quando se tem cronograma, projeto e força de vontade, tudo é possível.

As estradas do interior
No Centro e bairros periféricos, a cobertura é ampla, seja por asfalto ou outro tipo de pavimento. O empenho agora se volta, paralelamente ao que precisa ser feito na área urbana, para as estradas que dão acesso às comunidades do interior. Várias já receberam asfalto e outras estão em fase de preparação, como, por exemplo, os quase dois quilômetros da estrada geral Morro do Cruzeiro – trecho entre o bairro Encosta do Sol até a parte já pavimentada de concreto. Como se pode ver na foto do assessor de comunicação Bertoldo Weber, a drenagem e sub-base estão prontas com a colocação agora da base.

Bem mais barato
Na sequência teremos a imprimação para impermeabilizar, a colocação da camada de ligação e, finalmente, a camada asfáltica. Todo esse trabalho inicial é feito pelos próprios operários e maquinário da municipalidade com matéria prima extraída no próprio território. À empreiteira usineira cabe apenas colocar a camada asfáltica. No fim das contas, tudo sai por 1/3 do valor que seria executado em caso de licitação total da obra. Eis o X da questão. Simples como 2 + 2 são 4: São Ludgero vai dando exemplos de como fazer mais com menos. Não tem como não admirar.




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL