MENU

COLUNISTAS


Política

MILTON ALVES




 
 

Segunda-feira, 11/03/2019, às 06:00

Esmeraldino no exterior

Tanto o titular Lucas Esmeraldino quanto o adjunto da secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo, Amândio João da Silva Júnior, partiram para uma semana que sua assessoria resolveu definir como de “imersão internacional”. Lucas Esmeraldino embarcou para o Reino Unido, onde permanece até a próxima sexta-feira, a convite da Universidade de Cambridge, por meio do Centro de Cambridge para Meio Ambiente, Energia e Governança de Recursos Naturais (C-EENRG). A proposta de Esmeraldino é apresentar as potencialidades de parceria e oportunidades em tecnologia e desenvolvimento, especialmente voltadas ao fomento do ecossistema de inovação em SC, bem como à geração de energias limpas e renováveis no Estado.

Adjunto nos EUA
 Amândio Júnior, por sua vez, partiu para Austin, no Texas, a convite da Associação Catarinense de Tecnologia – Acate para participar do South by Southwest, mais conhecido como SXSW, que se transformou num dos maiores eventos de inovação do mundo, onde participará de reuniões de trabalho com possibilidades concretas de atração de investimentos para nosso Estado. E, antes que opositores ou mesmo os integrantes do chamado “fogo amigo” usem a viagem para tentar enfraquecer politicamente o tubaronense Lucas Esmeraldino, é bom destacar que não se vai gastar nada. 

A convite
A viagem e a agenda positiva de ambos os secretários do Desenvolvimento Econômico e Sustentável ocorrem sem custo algum para os cofres públicos, pois foram financiadas pelas próprias instituições que os convidaram. Importante destacar também que tanto Esmeraldino quanto Amândio Júnior abriram mão até mesmo das diárias a que teriam direito por estarem representando o Estado nas respectivas agendas. Durante o período, o chefe de gabinete, Felipe Assunção, assume a secretaria como secretário interino.

Os reis do privilégio
Uma nota publicada pelo site “O Antagonista” destaca de forma cirúrgica a manifestação do secretário de Políticas de Previdência Social, Leonardo Rolim, em entrevista concedida ao Jornal Correio Braziliense. Segundo o secretário, integrante da categoria, o maior foco de resistência à reforma previdenciária é, claro, o servidor público. “O problema é que os servidores só querem privilégio. Se for tirar um pouquinho do privilégio, para eles já é o fim do mundo. O mundo vai cair. É assim que boa parte da minha categoria pensa, infelizmente. Não é confisco, porque a alíquota efetiva máxima vai ficar um pouco abaixo de 17%. Se somar com a alíquota efetiva do IR, deve dar, praticamente em todos os casos, menos de 40%, o que já é, em média, o que o servidor desconta hoje”.

Escondendo a verdadeira causa
 Segundo Rolin, esse pessoal sabe manipular números, e é em cima dessa manipulação que coordena o discurso. Ao darem ênfase a afirmações fortes, como a de “confisco”, influenciam todos os integrantes da categoria e disfarçam aos trabalhadores contribuintes da iniciativa privada a verdadeira razão do esperneio, que é o fato da idade mínima. Enquanto todos os demais já estão na faixa dos 60 e vão para a faixa dos 65, a maioria dos ainda ativos no serviço público quer continuar com a mamata de se aposentar aos 55, 50, ou até mesmo 48 ou 49 anos, como alguns conseguiram fazer no passado. Aí está o X da questão. 

Reunião de pais
Seguindo o programado, a Fundação Municipal de Educação de Tubarão prossegue hoje na escola Bom Pastor as reuniões com pais de alunos, objetivando orientá-los sobre como podem ajudar a construir os resultados escolares dos filhos, em vez de, apenas, conhecê-los no final do bimestre. Mais uma ideia do professor Maurício da Silva que se solidifica. E por falar em Maurício, ele também informa que a comissão integrada pela Defesa Civil municipal e regional, Conselho Municipal de Segurança, Area-TB, Comitê da Bacia Hidrográfica e voluntários já começou a organizar o seminário que rememorará os 45 anos da enchente de 1974. O evento ocorrerá no dia 22 de março, no salão nobre da Unisul, e servirá para tratar da prevenção e reação eficiente.   




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL