MENU

COLUNISTAS


Esporte

EDUARDO VENTURA




 
 

Sábado, 10/08/2019, às 06:00

é possível sonhar

É uma obrigação da ACBF e Corinthians buscarem o título em todas as competições que disputam, e na Taça Brasil de Clubes não é diferente. Agora, cabe ao Tubarão quebrar esse paradigma. A ACBF, por ter sido campeã da Libertadores e ter alguns jogadores machucados, não disputando a competição, seria o adversário ideal, ainda pelo jogo feito em Carlos Barbosa, pela LNF, onde foi derrotada em tarde inspirada do goleiro Gian Wolverine. Já o timão, na arena, foi derrotado por 5x1, e demorou para engrenar na temporada. Pressionado por ter sido eliminado pela ACBF na Libertadores, precisa de um título como este aqui em Erechim para ficar perto da Libertadores e dar uma satisfação à sua torcida. Penso que é possível, sim, chegar ao título, no qual, teoricamente, teria que enfrentar os dois clubes, a não ser que os donos da casa eliminem também um dos medalhões.

MAIS UM DEGRAU
Foi assim que definiu o pivô Pakito: “Foram deixando a gente subir os degraus, um a um, com muita paciência e sacrifício, primeira meta alcançada, e por que não subir mais um degrau e comemorar o título?”, finalizou o jogador da camisa 77. Se for analisar friamente, o primeiro objetivo foi alcançado com louvor. Em quatro jogos disputados na primeira fase, marcou quinze gols e sofreu cinco, somando oito pontos, Devido à partida entre Corinthians e ACBF terminar por volta das 21h30, não conseguiremos apontar o cruzamento das semifinais, mas tanto Tubarão quanto Atlântico enfrentarão Corinthians ou ACBF. Sem saber o seu adversário, o Tubarão, por ser o primeiro do grupo, jogará neste sábado, às 11h30, contra Corinthians ou ACBF, mas como eu não fico em cima do muro, acredito que o adversário deverá ser a ACBF.

VAGA NA SUPERCOPA
Muitos me perguntam o que vale ser campeão da Taça Brasil de Clubes. Bom, a Taça Brasil é um dos caminhos mais indicados para os clubes brasileiros poderem disputar a Taça Libertadores de Futsal. O campeão da Taça Brasil tem vaga garantida na Superliga Nacional, que dará ao campeão, então, a vaga no torneio continental. Cabe ressaltar que, dos dez clubes participantes, cinco disputam a Liga Nacional de Futsal dos quatro clubes de Liga que avançaram às semifinais. E se não conseguirem o título, seguem na disputa pela LNF, em busca de outra vaga na Supercopa. Diferentemente da Liga Futsal, em que o clube disputa vinte e seis jogos para ser campeão, na Taça Brasil de Clubes são apenas seis. Não custa lembrar que o acesso à competição se dá pelo título catarinense no ano de 2018.

CABO DE GUERRA
É unânime que a criação das ligas está ganhando força no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e em São Paulo, e vem gerando um desgaste com as federações estaduais. É um caminho sem volta, e previsto na Lei Pele. O que precisa ser feito é organizar e dividir as tarefas. Penso que as federações devem cuidar do registro, cadastro de clubes, tramitando junto às CBFS. As ligas estaduais devem seguir o formato da Liga Nacional de Futsal, cuidando da imagem e gestão da competição junto aos clubes. E o principal: sem ficarem amarradas com a emissora A, B ou C, e, sim, fazerem uma boa negociação, rendendo valores para os clubes, para serem aplicados para uma boa logística, na federação, para que possa qualificar o seu quadro de arbitragem, por exemplo. Mas nada disso acontecerá se todo mundo ficar empurrando de barriga para um lado ou para outro a definição da competição.

TAÇA BRASIL NO EP 
 E você poderá acompanhar Tubarão vs Corinthians ou ACBF a partir das 11h, pelo Esporte de Primeira. Baixe o aplicativo disponível apenas para Android, ou, se preferir, ouça pelo site www.esportedeprimeira.net.br. Acompanhe as informações nas redes sociais, no Facebook do Esporte de Primeira, acessando @primeiraoficial, e no Twitter, siga @eduliraventura. Também estamos no Instagram: @primeiraoficial.




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL