MENU

COLUNISTAS


Geral

ARILTON BARREIROS




 
 

Sexta-feira, 01/03/2019, às 06:00

Reflexos da pesquisa?

Presidente Jair Bolsonaro (PSL) garantiu ontem que nenhum dos três filhos políticos tem autoridade sobre as decisões do governo. Durante o café da manhã com um grupo de 13 jornalistas no Palácio do Planalto, Bolsonaro lamentou o episódio do vazamento de áudios de suas conversas com o ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gustavo Bebiano, que foi demitido em meio ao escândalo de candidaturas laranjas do PSL. O presidente foi taxativo ao afirmar que nenhum de seus filhos manda no governo. Afirmou que as declarações públicas de seu filho Carlos, que possam ter relação com o governo, agora passam por sua aprovação. O presidente também disse que não há mal em estar com a ala militar. Suas declarações ocorreram depois da divulgação da primeira pesquisa da CNT, na qual mais de 56% dos entrevistados disseram que os filhos do presidente atrapalham sua administração.


Entrelinhas

Fechamos a coluna sem ter conhecimento do que os vereadores em Tubarão decidiram a respeito das leis mandadas pelo Executivo à Câmara na sessão extraordinária que começou às 17h de ontem, aumentando consideravelmente os gastos com pessoal. Os projetos criam vários cargos na administração.

Presidente da Cergral (Cooperativa de Eletricidade de Gravatal), João Vânio Mendonça Cardoso, o Vaninho, comemora o fato de estar repassando aos associados cerca de R$ 700 mil e mais R$ 60 mil a quatro entidades. O Centro de Educação Zilda Luck recebeu R$ 25 mil; a Apae e a Rede Feminina, R$ 12.500 cada; e a Associação Cultura, R$ 10 mil.

Com o texto intitulado “Brasil, um novo olhar sobre as pessoas com deficiência”, escrito pela jornalista Juliana Guimarães, o Jornal Brazilian Press, dos Estados Unidos, dá destaque à lei do deputado estadual Júlio Garcia, presidente da Assembleia, que concede às Apaes de todo o Estado recursos para melhor atenderem às pessoas com deficiência.

Ocorreu ontem a eleição para a nova diretoria da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, na Assembleia Legislativa, em Florianópolis. O deputado Volnei Webber (MDB) foi eleito o novo presidente por unanimidade. Já a vice-presidência ficou com o deputado Maurício Eskudlark (PR).

Presidente da Câmara de Imbituba, vereador Robertinho Rodrigues, e o presidente do PSD local, vereador Renato Ladiada, estiveram na Assembleia em reunião com o presidente Júlio Garcia. Na pauta, os destinos do PSD em Santa Catarina, o novo governo, e o que poderá ser feito a favor do povo de Imbituba.

Após ter um áudio vazado nas redes sociais, no qual se justificava sobre as críticas relacionadas ao seu salário de R$ 17.348,31, o assessor do deputado estadual Felipe Estevão (PSL), Rodnei Goulart de Souza, deverá ter seus salários reduzidos. Conhecido como Nei, o assessor, que é empresário, era nome certo do PSL para a eleição do ano que vem. Será que irá aceitar a redução?




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL