MENU

COLUNISTAS


Geral

ARILTON BARREIROS




 
 

Sexta-feira, 25/01/2019, às 06:00

Conta da energia

Muitas têm sido as reclamações da população catarinense atendida pela Celesc sobre o aumento nas contas da energia elétrica. A empresa, em nota, diz que não houve nenhum reajuste, e que isso se deve ao aumento, agora no verão, do uso de ventiladores e ar-
condicionados. A Celesc também chama a atenção do consumidor sobre o impacto dos tributos cobrados junto à conta de luz, e que esses, sim, podem variar mensalmente ou conforme a faixa de consumo, que é o caso do ICMS, Cofins PIS e Cosip. O ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) é um tributo estadual e varia conforme a classe de consumo, ou seja, baixa renda é isento; residencial até 150 kwh, a alíquota é de 12%; e acima da faixa passa para 25%. Nas demais classes (industrial, serviços, iluminação pública, comercial e outros), a alíquota é única, de 25%. O negócio, portanto, é não passar da classe de consumo.


Entrelinhas

É possível que surja no governo federal atual um indulto aos criminosos com doenças graves. O presidente Bolsonaro se elegeu com o raciocínio de que bandido bom é bandido morto, e nas idas e vindas do novo governo, agora, bandido doente é bandido bom. Se for dado o tal indulto, o pessoal dos direitos humanos terá motivos para festejar.

A Amurel entregou à prefeitura de Laguna o projeto do Centro de Embarcações que será construído na praia do Cardoso, no Farol de Santa Marta, para o abrigo de 23 embarcações cadastradas pelas associações e credenciadas pela secretaria de Pesca e Agricultura do município. O projeto possui área de 1.680m² em madeira.

Na lista dos 50 maiores tomadores de empréstimos do BNDES nos últimos 15 anos está o governo de Santa Catarina, que conseguiu R$ 3,94 bilhões. Na lista também estão WEG, BRF, governo do Rio de Janeiro, Caixa Econômica Federal, Tim, Oi, entre outros. Abrir a caixa preta do BNDES vai ser interessante mesmo.

Deputado do PSD, Kennedy Nunes, criticou o governo de Carlos Moisés citando o Diário Oficial do Estado, que publicou a
nomeação do filho do chefe da Casa Militar, coronel João Carlos Neves Júnior, para assessor jurídico da secretaria de Justiça e Cidadania. Kennedy está levantando dados para provar o aumento nas contas de energia da Celesc.

Secretário da SDS, Lucas Esmeraldino, esteve na capital federal com o ministro da Casa Civil, Onys Lorenzoni, juntamente com o governador Moisés, o secretário de Estado da Casa Civil, Douglas Borba, e os deputados federais coronel Armando e Fábio Schiochet. Na pauta, a nova divisão da receita de tributos hoje concentrada na União.

Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos, coordenado pela Udesc de Laguna, realiza amanhã, a partir das 8h, um mutirão de limpeza na praia do Mar Grosso. O ponto de partida será o posto guarda-vidas número 3. O Mar Grosso é uma das doze praias monitoradas pelo projeto. Em 2018, o mutirão retirou 180kg de lixo da praia.




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL