MENU

COLUNISTAS


Geral

ARILTON BARREIROS




 
 

Sábado, 10/02/2018, às 06:00

Doses homeopáticas

Agora não dá mais para voltar atrás. Mas a verdade é que na administração atual em Tubarão faltou a sensibilidade daqueles que comandam a parte financeira e tributária do município. O prefeito Joares Ponticelli, talvez por falta de experiência no Executivo, acabou aceitando as argumentações de seus assessores e permitiu que ao mesmo tempo houvesse aumento da taxa do lixo, da Cosip, e da planta genérica dos imóveis, que também aumentou o IPTU. Segundo dados de 2014, o valor do rendimento nominal mensal per capita de quem mora na área rural de Tubarão era de R$ 510. Na área urbana, R$ 775. Por situação de domicílio, o rendimento médio mensal da área rural era de R$ 1.952,43, e na área urbana, de R$ 3.380,48. Portanto, não há como exigir muito de nossa população quando se trata de pagar impostos. Os aumentos são necessários? Sim. Mas poderiam vir em doses homeopáticas e mais racionais. 

Entrelinhas

O ministro Edson Fachin negou o pedido de habeas corpus preventivo da defesa de Lula para evitar a prisão do ex-presidente. O ministro decidiu submeter a decisão final sobre o caso ao plenário do STF (Supremo Tribunal Federal). Resta saber quando o STF vai se reunir para resolver o caso. A Receita Federal apreendeu no ano passado, em Santa Catarina, mercadorias irregulares que chegaram ao valor de R$ 166 milhões, em operações de contrabando e contra a pirataria. Em 2016, o valor foi de R$ 115 milhões. A apreensão só de cigarros em 2017 representou 43% do valor total.A liquidação da Coudetu (Companhia de Urbanização e Desenvolvimento de Tubarão), criada no governo Paulo May, ainda vai demorar muito. A contratação de uma auditoria contábil externa para levantar tudo o que a companhia tem é sinal de que o liquidante não tem pressa alguma. O processo se arrasta há oito anos.

Prefeito de Capivari de Baixo, Nivaldo Souza, emitiu um ofício circular a todos os servidores municipais solicitando o apoio e a colaboração com a administração no tocante à economia. Nivaldo está preocupado com as contas públicas e não quer correr o risco de ter um desequilíbrio financeiro.

As repartições públicas no município de Tubarão não funcionarão na segunda e na terça-feira de Carnaval, dias 12 e 13. As atividades retornam normalmente na quarta-feira de Cinzas, dia 14. O benefício não se aplica aos serviços considerados essenciais, de saúde e ambulâncias, coleta de lixo, manutenção de semáforos, Defesa Civil e Guarda Municipal.

Prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, está otimista em relação às obras da arena Estener Soratto, que por contrato devem ficar prontas em julho próximo. Se tudo der certo e correr como o previsto, é possível que a inauguração do teatro aconteça no dia 27 de maio, data de mais um aniversário do município.




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL