MENU

COLUNISTAS


Geral

ARILTON BARREIROS




 
 

Segunda-feira, 13/03/2017, às 06:00

Dez anos depois

No ano de 2007, a Procuradoria-Geral da República em Santa Catarina com o apoio da Ordem dos Advogados do Brasil ajuizou no STF uma ação para derrubar o pagamento de oito ex-governadores e três viúvas que recebem pensão vitalícia paga pelo erário estadual. Existe até o caso do atual secretário Leonel Pavan, que exerceu o cargo de governador por nove meses e recebe hoje R$ 30,4 mil, assim como os demais ex-governadores. O salário das viúvas é de R$ 15 mil cada, perfazendo um total mensal de R$ 288.786 e R$ 3,7 milhões ao ano com o décimo terceiro incluído. Eduardo Moreira, que assumiu o Estado em 2006, quando Luiz Henrique renunciou, chegou a receber o benefício, mas como voltou a ser eleito vice em 2010 não recebe mais como ex-governador. A verdade é que os pagamentos são legais devido à lei que os criou, mas, convenhamos, são uma imoralidade que está no STF há dez anos e não foi ainda resolvida.

Entrelinhas

Em Braço do Norte o vereador Israel de Souza (PMDB) recebeu graves denúncias sobre o mau atendimento prestado pelo Hospital Santa Terezinha. Ele disse em uma rede social que cogita abrir uma CPI para investigar o que lhe foi repassado, assim como outras questões que envolvem a casa de saúde.

A Câmara de Tubarão aprecia hoje em única votação o parecer da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final sobre o Projeto de Lei Ordinária 5/2017, que dispõe sobre a exigência mínima de escolaridade para nomeação de cargos comissionados existentes nos órgãos dos Poderes Executivo e Legislativo. A comissão deu parecer rejeitando o projeto.

Ex-prefeito da capital César Souza Júnior está esperando o retorno do governador Colombo do Japão para marcar sua posse na Secretaria de Assuntos Estratégicos. Ele retardou a nomeação a pedido do deputado Edinho Bez, que é suplente de César Souza, atual secretário. César, o pai, volta a Brasília e Edinho retorna à suplência.

A chapa 1 foi a vitoriosa na eleição para o Conselho Fiscal da Cooperativa de Eletricidade de Gravatal (Cergral), tanto na Distribuição como na Geração, sábado passado. A vitória na Distribuição por 760 votos contra 481 e na Geração por 808 contra 534 mostrou a força do atual presidente, João Vânio Mendonça, o popular Vaninho, e de sua equipe.

Reitor da Unisul, Mauri Luiz Herdt, ficou satisfeito com os resultados obtidos pela instituição nos Indicadores de Qualidade da Educação Superior divulgados recentemente. Dos 42 cursos avaliados da Unisul, 98% alcançaram conceito satisfatório, sendo que 22% tiveram conceito 4 em uma escala de 1 a 5.

A partir de hoje o expediente da Fundação Municipal de Esportes de Tubarão será realizado na Arena Multiuso Prefeito Estêner Soratto da Silva, no bairro Vila Moema, rua Manaus. De acordo com o presidente da Fundação, Ernani Buerger, o expediente será das 13 às 19 horas.

Seguindo a tendência do mercado a empresa Copobras mostra novamente seu pioneirismo na área dos descartáveis. Com o objetivo de facilitar o acesso às informações institucionais e comerciais, a empresa lançou aplicativo para as plataformas Android e iOS.




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL