MENU

COLUNISTAS


Etiqueta

ESTELA MAURA




 
 

Segunda-feira, 08/07/2019, às 06:00

Como você gerencia seu tempo?

Muitas vezes, não sabemos gerenciar nosso tempo, e, quando percebemos, aqueles minutos, horas ou dias se foram. Inúmeras atividades ficam acumuladas, e o estresse ou o desânimo acabam ganhando lugar de protagonistas em nossas vidas. Isso faz sentido para você?
É importante aproveitarmos os minutos disponíveis para resolvermos nossas pendências e quitarmos nossos compromissos. O primeiro passo para o controle de nosso tempo é ter uma agenda, seja ela física ou digital, e abri-la periodicamente. Além da agenda, vale colocar lembretes de papel grudados em um local visível ou programar avisos pelo próprio celular.
Qualquer ser humano pode aprender a evitar a procrastinação e manter o foco na execução das tarefas, contudo é preciso treinar a atenção plena sobre o momento em questão. Existem técnicas de neurociência muito úteis para que haja uma nova rotina e novos hábitos para um melhor gerenciamento das etapas do cotidiano. A maioria das pessoas faz algo pensando em tantos outros assuntos ao mesmo tempo. Este fato, ao longo de semanas, torna-se um costume que impede um bom aproveitamento de certas oportunidades, gerando insuficiência de resultados e um extremo cansaço. Afinal, só acumular funções e não ter um sistema para realizá-las leva à frustração e a um descrédito pessoal. É preciso adquirir certas habilidades para saber gerenciar muito bem algumas tarefas simultâneas e não cair nesta armadilha. Portanto, convém fazer uma autoavaliação e entender se é possível realizar mais de uma tarefa por vez, ou se é viável realizar cada atividade, isoladamente, e ficar com a consciência tranquila.
 Observar situações que boicotam a otimização da produtividade é mais um tópico relevante. Ambientes conturbados e notificações sonoras de smartphones, por exemplo, são motivo de distração quando se exige concentração. Sendo assim, fica mais fácil desativar os sons do celular e elaborar funções em um local mais apropriado. Outro fator que rouba o tempo de qualquer um é a desorganização. Não saber onde está isso ou aquilo, ou delegar funções para quem não está apto a determinadas atividades, errar ou esquecer datas e compromissos é algo negativo quando o assunto é cumprir uma programação. 
Para concretizar metas, é fundamental estabelecer pequenas pausas de descanso durante o período de execução. Programar intervalos curtos para tomar um cafezinho, fazer um alongamento ou uma ida ao toalete promovem mais disposição para seguir em frente. Também estabelecer um planejamento prévio por escrito e ter uma boa noite de sono muda muito a disposição para o dia seguinte, assim como incluir exercícios físicos na rotina, ter uma alimentação saudável e ingerir bastante água.
 No final da jornada, é interessante revisar todas as funções e perceber quantas coisas foram realizadas e quantas não, para que o próximo dia possa ser estruturado adequadamente. Dentro do processo de desenvolvimento humano e comportamento integral, o autoconhecimento é um item indispensável. Tomar consciência das próprias potencialidades e ritmo pessoal é algo básico para dizer ‘sim’ ou ‘não’ para algumas atividades propostas. Por fim, cada um deve saber como gerenciar seu tempo para utilizá-lo bem, sem prejuízo ao próprio bem-
estar físico e mental.




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL