MENU

COLUNISTAS


Etiqueta

ESTELA MAURA




 
 

Segunda-feira, 11/02/2019, às 06:00

Você está procurando emprego?

Fevereiro já se estabeleceu, e parece que muitos já voltaram às sua atividades profissionais, enquanto alguns estão em busca de uma colocação no mercado, ou até mesmo refletindo sobre uma transição de carreira.

O assunto de hoje é justamente para quem está nesta caminhada, na exigente fase de envio de currículos e na expectativa das entrevistas de emprego. Existe uma preocupação unânime com o formato e conteúdo do currículo a ser enviado para determinadas empresas ou instituições, assim como qual traje usar no dia da entrevista, entre outras inquietudes comuns. Estes itens são importantes, pois elaborar e atualizar um currículo completo e enxuto, se apresentar com roupas adequadas à função a ser ocupada e ser pontual compõem a primeira impressão. Diversos candidatos a vagas de emprego ficam tensos quanto a seus concorrentes, em relação à diferença de capacitação técnica para assumir aquele determinado posto. Contudo, hoje em dia, mais do que habilidades técnicas, o setor de RH das empresas está atento às habilidades comportamentais dos pretendentes. Estas habilidades comportamentais, também chamadas de “soft skills”, fazem toda a diferença em uma seleção de candidatos! Uma das soft skills mais cotadas é a habilidade em se comunicar bem, se expressar adequadamente e poder falar em público, além de se conectar com a própria equipe profissional. Além da comunicação pessoal, são observadas a capacidade criativa, a tolerância e o respeito com os colegas. Um colega bacana leva mais vantagem que outros, assim como se destaca aquele que, autenticamente, assume uma postura profissional sem abrir mão da gentileza e da ética. Os fofoqueiros, rabugentos e os que não toleram críticas e promovem assédio moral ou gostam de arrumar confusão no ambiente de trabalho estão com os dias contados! Hoje, fica valendo autocontrole, empatia, autoconhecimento, a iniciativa própria na busca por conhecimento e cultura, bom senso na autoimagem, linguagem corporal, proatividade e a habilidade em lidar com o ser humano.

Alguém pode se perguntar se as pessoas nascem com estas virtudes ou se podem conquistá-las durante a vida. O fato é que, havendo real determinação e vontade, é possível desenvolver estas habilidades comportamentais através de terapias e coaching, como processo fundamental da busca de si mesmo, de mais autoconfiança e de melhores relações interpessoais. Este assunto é atual, complexo e importante. Desenvolva-se, comunique-se melhor e corra atrás de seus objetivos! Nas redes sociais, você pode acompanhar nosso trabalho e ter mais informações sobre este assunto, seguindo o Conexão Ética. Esta é a dica de hoje!




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL