MENU

COLUNISTAS


Política

RAFAEL MATOS




 
 

Segunda-feira, 19/11/2018, às 06:00

Data para não comemorar

A espera por novas obras de dragagem no Rio Tubarão completa trinta e seis anos nesta segunda-feira. É muito tempo, e não há nenhuma previsão para que esta contagem tenha fim.
Dentro desse problema, as margens na área urbana da cidade continuam sem cuidados. Depois de uma nota publicada nesta coluna meses atrás, apenas alguns pontos foram demarcados. Nenhum cuidado foi tomado, e as crateras seguem crescendo.
Será preciso um desses buracos engolirem a avenida Presidente Getúlio Vargas? Até quando vai este descaso? O seminário anual sobre a enchente tem ajudado a manter o assunto vivo, mas a mobilização em torno das soluções precisa ser maior, bem maior. Ou vamos contar mais 36 anos?

Energia própria
Temos em nossa região alguns exemplos de quem não espera pela vontade do Poder Público para fazer algo acontecer. Um dos empreendimentos turísticos de maior sucesso regional, a Fluss Haus, é um desses casos. Já pensou se eles dependessem do asfalto chegar à comunidade de Vargem do Cedro, em São Martinho, para ter algum movimento? Pois agora o local tem até uma pequena usina de energia fotovoltaica para consumo próprio. O projeto foi executado pela Prisma Energia Solar. Parece que, no verão, a capacidade de geração pode chegar a 1MW. Isso é capaz de atender às necessidades atuais e garantir também energia para o próximo projeto, que é a construção de um hotel. Energia é o que não falta para a família Feuser.

Programa renovado
O Programa Milho, Feijão e Pastagens, após a colheita do tabaco, no Estado de Santa Catarina, será renovado. A assinatura do convênio será nesta segunda-feira (19), na sede da secretaria da Agricultura e Pesca, em Florianópolis. O programa incentiva a diversificação e a otimização no aproveitamento dos recursos das propriedades, e envolve produtores de tabaco de toda a região Sul. Há incentivo à prática de uma segunda colheita anual, com a semeadura de grãos e pastagem nas áreas onde foi plantado e colhido o tabaco.

500 maiores
Porto Alegre recebe nesta terça-feira (20) a cerimônia de premiação das empresas vencedoras do ranking Grandes & Líderes – 500 Maiores do Sul 2018. O evento é promovido pela Revista Amanhã e PwC Brasil. Na ranking de 2017, a Bunge Alimentos, de Gaspar, foi a empresa catarinense melhor colocada, figurando em 2º lugar. De Tubarão, a Unisul estava na posição 237º (queda de 20 posições em relação a 2016). Do Sul do Estado, a maior empresa foi a Giassi Adm. de Bens S/A, de Içara, em 68º lugar. 

Aproximados
Depois da nota da semana passada sobre a distância do governador eleito Carlos Moisés (PSL) dos movimentos partidários e o esclarecimento, via assessoria de imprensa, da ausência dele nas fotos do encontro estadual (não ficou até o final por causa de outros compromissos), nesta semana foi bem diferente. Moisés e o presidente estadual da sigla, Lucas Esmeraldino, estiveram juntos em diversos eventos em Brasília. 




OUTRAS COLUNAS









MAIS LIDAS










Avenida Marcolino Martins Cabral, 1315, 6º piso Praça Shopping
Centro - Tubarão/SC - CEP 88701-105 - 48. 3631-5000
Todos os direitos reservados - JORNAL DIÁRIO DO SUL